Terça-Feira, 22 de Agosto de 2017 |

Data marcada! Pintura da quadra começa e ginásio municipal reabre em 15 de maio

Com a reforma do telhado concluída, secretário garante que faltam apenas retoques para reinauguração

Por Redação em 05 de Maio de 2017

"Apresentações esportivas e artísticas estão previstas na reinauguração" (Foto: Matheus Pfluck)


Depois de meses de reforma e promessas de entrega, finalmente o Ginásio Municipal Tancredo Neves tem data marcada para reinauguração. Será no dia 15 de maio, às 20h, o evento de apresentação do espaço reformado e das atividades que serão realizadas nele durante a semana. O telhado do local já está pronto e faltam apenas retoques para receber os esportistas do município.

Nesta semana, começou a pintura da quadra poliesportiva que será toda na cor azul, exceto a quadra de vôlei e as áreas que serão vermelhas. O detalhe é que o círculo central terá o brasão do município que, inclusive, já foi desenhado. Um painel de grafitagem será pintado na frente do ginásio. Aliás, segundo o secretário de Esporte, Cultura e Juventude, Alcides Bolico, será o maior painel de grafitagem da cidade. De acordo com o secretário, serão entregues também dois vestiários para os atletas e um para a arbitragem. “Nos banheiros já trocamos as caixas e as pias. Só vamos dar mais uma pintura e uns retoques”, explica.

Reinauguração

Bolico conta que o evento de reinauguração terá a participação de grupos que praticam vôlei, basquete, artes marciais e outros esportes. Apresentações de dança do ventre e de grupos artísticos de Canoas e Porto Alegre também estão sendo programadas. “Vamos apresentar algumas delegações. Vai ter muita luz, muito led, as coreografias serão feitas com iluminação, vai ficar diferenciado”, revela o secretário. Depois de pronto, serão oferecidos no ginásio escolinhas de esportes e oficinas variadas nos contraturnos de estudo dos jovens. O secretário ainda diz que o projeto Ballet Culturarte, por exemplo, também ajudou na reforma. “Nos ajudaram a pintar o palco e a fazer as cortinas. É realmente um diferencial em Alvorada”, avalia.

Recursos

Perguntado de onde vieram os recursos para a reforma, Bolico diz que a maioria dos investimentos é da iniciativa privada. “Nenhum contrato da gestão anterior foi aproveitado. Os projetos se perderam porque não faziam previsão orçamentária dos custos das obras”, critica o secretário. Ele ainda revela que a empresa que ganhou a licitação para a reforma do ginásio não assumiu o compromisso. “A empresa que ganhou a licitação trabalhou um dia e nunca mais apareceu”, reclama.

COMENTÁRIOS ( )