Quarta-Feira, 20 de Setembro de 2017 |

Equipe de Karatê se prepara para competições e busca patrocínios

Próximos compromissos serão em Três Coroas e Rio de Janeiro

Por Redação em 25 de Agosto de 2017


A equipe de karatê Whasyde estará neste sábado, 27/08, em Três Coroas, para disputar o Campeonato Estadual de Karatê. Ao todo, serão 13 caratecas alvoradenses disputando a competição e, segundo o treinador André Pacheco, todos os seus atletas estão treinando bastante para trazer medalhas nesta competição.

“Este não é um estadual com colocação no ranking da Federação Sul Rio-grandense de Karatê (FSK). Nós já temos cinco alvoradenses que passaram na seleção da categoria infantil da FSK e a expectativa para a competição é a melhor possível. Na última edição do torneio, que aconteceu em Estrela, nos trouxemos o troféu de segundo lugar no ranking de medalhas”, destaca Pacheco.

Busca por patrocínio

Além deste torneio estadual, outros três caratecas da equipe Whasyde também estão se preparando para a disputa do Brasileirão de Karatê, que acontece entre os dias 14 e 17 de setembro. Porém, para custear a viagem até o Rio de Janeiro, aonde acontece à competição, a equipe está trabalhando na busca por patrocinadores.

“É necessário para custear a viagem ao rio o brasileirão que nossos guerreiros conquistaram perante seus resultados nas competições anteriores. para custear a viagem ao rio o brasileirão que nossos guerreiros conquistaram perante seus resultados nas competições anteriores”, ressalta o sensei André Pacheco.

O treinador destacou ainda que até trocou de automóvel e agora tem uma Kombi, para poder levar os caratecas nas competições de Porto Alegre e região metropolitana. Tudo isso porque, para Pacheco, existe uma importância social no projeto e na prática do karatê para os alvoradenses que participam.

“Nós queremos proporcionar o acesso á atividade desportiva com intuito de ocupar o tempo disponível, de maneira a atender as necessidades das crianças e adolescentes, e seus responsáveis. Além disso, queremos dispor da qualidade de vida aos que se encontra em situação de vulnerabilidades social. Além disso, também trabalhamos com a integração social e familiar, tendo como base a expressão, comunicação e socialização entre os integrantes”, salienta o sensei.

Serviço

Para quem tiver interesse em participar do projeto, as aulas são gratuitas e para todas as idades. Somente é necessário ter o kimono para a prática do esporte. Os treinamentos acontecem nas segundas, quartas e sextas-feiras, na Rua André Puente, Nº 440; nas quintas-feiras, no Instituto Kizomba; e nas terças e sábados, no Instituto Malaquias. Para mais informações é só entrar em contato no telefone (051) 98487.3767.

COMENTÁRIOS ( )