Terça-Feira, 20 de Fevereiro de 2018 |

Morador do Bairro Stella Maris ganha espaço no Campeonato Gaúcho

Volante Renato Ferraz faz parte do elenco de galácticos do São Paulo de Rio Grande

Por Redação em 09 de Fevereiro de 2018

"O jogador alvoradense de 28 anos faz parte do plantel de 2018 do time do sul do estado." (Foto: Divulgação)


O sonho de ser jogador de futebol permeia a vida de jovens do país inteiro. Contudo, quem pensa que o glamour visto em craques é a realidade de todos, está enganado. Isso porque não faltam dificuldades na trajetória de quem planeja e, consequentemente, consegue alcançar o sonho de se tornar um jogador de futebol profissional.

E, no Bairro Stella Maris, um jovem conseguiu conquistar esse objetivo sendo um atleta profissional. Esse jogador é o volante de 28 anos Renato Ferraz, que faz parte do elenco do São Paulo de Rio Grande que está disputando o Campeonato Gaúcho de 2018, ao lado de jogadores como Diguinho (ex-Fluminense) e Anderson Pico (ex-Grêmio) e do treinador Claiton (ex-Internacional), formando os “galácticos”, como estão sendo chamados.

O alvoradense conta que iniciou sua carreira nas categorias de base de diversos times, passando pelo Cerâmica, Caxias, Chapecoense e Cruzeiro de Porto Alegre. Contudo, o tempo foi passando e o atleta, que ainda não havia se tornado profissional decide abandonar a carreira, mas não o futebol. “Acabei indo jogar no futebol amador, onde recebia um bom dinheiro para poder viver”, conta o volante.

A carreira estava seguindo os passos de seus familiares, que jogavam em clubes amadores da cidade. Inclusive esse foi o motivo de Ferraz ter se dedicado ao futebol: a influência dos familiares. Porém, apesar de que o atleta estava satisfeito, uma proposta fez com que ele repensasse tudo. Essa proposta era jogar o Campeonato Gaúcho de 2018 pelo São Paulo de Rio Grande.

Segundo o atleta, não foi pensado duas vezes e, assim que o convite foi feito, Ferraz aceitou a proposta de ir jogar pelo time do sul do estado. “Eu estava no amador e daí surgiu essa oportunidade. Vim ver como era e estou me adaptando bem e procurando evoluir. Quero crescer para conquistar meus objetivos, que é poder dar o melhor para minha filha, que tem três anos e é tudo para mim”, confessa o alvoradense.

Sobre sua relação com Alvorada, Ferraz salienta que, sempre que pode está na cidade e que tem um carinho muito grande pelo lugar em que nasceu e viveu. Além disso, o jogador falou sobre seus objetivos para o futuro da carreira. “O ápice para qualquer jogador é jogar em um time grande e fazer história. Com isso poderei dar o melhor para minha família. Meu projeto é poder crescer cada vez mais como atleta e poder dar um futuro para a minha filha e minha família”, finaliza o atleta do São Paulo de Rio Grande.

COMENTÁRIOS ( )