Terça-Feira, 19 de Setembro de 2017 |

Para manter sequência de vitórias, Ser recebe o líder da Prata

Alvoradenses podem ingressar na zona de classificação ao mata-mata

Por Redação em 07 de Julho de 2017

"No último sábado, 24/06, a Ser Alvorada venceu o Caipirinha por 4 a 3" (Foto: Paulo Manjoli)


Parece que agora embalou! Depois de um início conturbado, sem vitórias nas oito primeiras rodadas, a Ser Alvorada engatou o segundo triunfo consecutivo fora de casa contra o Caipirinha, por 4 a 3, na cidade de Horizontina. Neste sábado, 8/7, a equipe reencontra seu ex-técnico, Francisco da Silva, podendo deixar a zona de rebaixamento da Série Prata. O jogo contra o líder Parobé Futsal ocorre às 20h, no Ginásio da Escola São Marcos.

Na última partida do primeiro turno do estadual, a Ser Alvorada terá apenas o desfalque de Iarley para buscar sua terceira vitória consecutiva. Porém, o desafio não será nada fácil. O Parobé Futsal é treinado por Francisco da Silva, o Tico Mico, campeão da Série Bronze em 2015 com a própria Ser Alvorada. Além de líder da competição com 23 pontos, a equipe possui ex-jogadores de Alvorada como Binho.

Segunda vitória

Foi suado, foi sofrido, mas veio a segunda vitória da Ser Alvorada na Série Prata. No Ginásio Edio Stoll, em Horizontina, o time da casa saiu na frente com Zalinha. Ainda antes do intervalo, o grandalhão Ragner empatou para os alvoradenses. Na segunda etapa, Garrati virou a partida para a Ser, porém Feijão deixou tudo igual novamente. Juninho fez o 3 a 2 para os visitantes, mas o empate do Caipirinha veio na sequência com Magui. Aí, então, foi hora do time voltar a mostrar sua força e passar a frente com Bilo. Depois disso, a equipe se defendeu bem garantiu a segunda vitória na competição: 4 a 3.

Segundo o técnico Fabiano Ventura, a melhora da Ser Alvorada se deu devido a continuidade do trabalho, iniciado há três meses. Ele destaca que o time está treinando um dia a mais na semana, focando na marcação e nos chutes a gol. “As vitórias já vinham amadurecendo não foi assim de uma hora para outra”.

Com a vitória na cidade da região noroeste do estado, a Ser Alvorada chegou aos 10 pontos, porém permaneceu na 11ª colocação porque a ASSAF venceu o Uruguaianense em Santa Cruz do Sul por 2 a 1. Neste fim de semana, um tropeço de ASSAF, ACBF Cerro Branco, Caipirinha ou Uruguaianense, combinado com um triunfo da Ser Alvorada, tira o time do técnico Ventura da zona de descenso e pode colocá-lo até mesmo na zona de classificação ao mata-mata.

COMENTÁRIOS ( )