Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2020 |

Rabelo perde a terceira partida e está eliminado da Série Ouro deste ano

Clube ainda joga contra a AES, em Pelotas, mas sem chances de classificação

Por Redação em 30 de Outubro de 2020

"A equipe acumulou três derrotas consecutivas e não pontuou, fazendo com que não houvesse mais chances de classificação" (Foto: Elton Silveira/Seu Time na Rede)


A Rabelo se prepara para a quarta e última rodada da fase de grupos da Série Ouro de 2020. A partida contra a Associação Esportiva Sobradinho (AES) será realizada neste domingo, 01/11, em Pelotas – toda a competição contou com sedes únicas pela pandemia do coronavírus – e só vale para o clube do interior do estado. Isso porque a equipe alvoradense está matematicamente eliminada do torneio.

A equipe acumulou três derrotas consecutivas e não pontuou, fazendo com que não houvesse mais chances de classificação. “Agora é terminar com dignidade e começar a pensar em 2021. A base está montada e depois é só buscar jogadores pontuais para as posições que tivermos necessidade. Apesar de não termos ganho, muitos mostraram que tem condições de jogar está competição”, salienta o treinador Paulo Zanata.

Contudo, ele afirma que, devido a pandemia e todos os outros problemas, o impacto não é tão grande. “Este ano não teremos prejuízo, pois não existe o rebaixamento. Acho que tivemos um bom lucro no quesito de atletas da cidade na equipe principal. Nestes últimos anos nunca houve tantos atletas de Alvorada fazendo parte de uma série ouro do futsal gaúcho”, justifica o treinador.

Derrota em Bento Gonçalves

No último domingo, 25/10, o clube viajou até Bento Gonçalves para enfrentar o Brasil de Pelotas ainda com chances de classificação. Contudo, o clube alvoradense acabou sendo derrotado pelo placar de seis a cinco. Os gols da Rabelo foram marcados por Yuri, Borracha, Xandy, Pablo e Guga. Com a derrota, o time não segue mais vivo na disputa da classificação.

O treinador explicou o que aconteceu e falou como foi perder a partida. “A derrota contra o Brasil de Pelotas está sendo difícil de aceitar. Fizemos um bom primeiro tempo, até a metade do segundo tempo estávamos com a vitória na mão. Vacilamos na marcação e levamos gols que normalmente não podemos levar. Fomos melhores que eles e o resultado justo seria uma vitória nossa ou um empate”, finaliza Zanata.

COMENTÁRIOS ( )