Sábado, 18 de Novembro de 2017 |

24ª Romaria de Nossa Senhora Aparecida acontece nesta quinta-feira

Procissão percorre quase três quilômetros até chegar à gruta da cidade

Por Redação em 06 de Outubro de 2017

"Na última edição, mais de 20 mil pessoas participaram da procissão" (Foto: Paróquia Sagrado Coração de Jesus)


Acontece na próxima quinta-feira, 12 de outubro, a 24ª Romaria de Nossa Senhora Aparecida. A atividade, alusiva a data que homenageia a padroeira do Brasil, está sendo organizada pelas paroquias Sagrado Coração de Jesus, Santo Antônio, Nossa Senhora da Saúde, Santa Edwiges e São José Operário. Além disso, outros apoiadores também auxiliam na realização da procissão.

As atividades tem início às 09h, na esquina da Avenida Frederico Dihl com a Rua Santa Barbara, e se encerra na gruta ao lado do CTG Tradição, no Bairro Jardim Aparecida. Serão quase três quilômetros que os fiéis devem percorrer para homenagear e agradecer a Nossa Senhora Aparecida pelas preces concedidas.

Ao fim da procissão acontece à missa, que será ministrada pelo Bispo auxiliar da arquidiocese de Porto Alegre, dom Leomar Brustolin. Além disso, os demais sacerdotes do município devem participar da celebração e de toda a procissão. Após a missa haverá almoço no CTG Tradição, ao lado do local onde será realizada a celebração. O valor individual dos ingressos é de R$ 20 reais.

Neste ano o evento terá início na esquina da Avenida Frederico Dihl com a Rua Santa Barbara, ao invés de mais atrás. Isso porque, nos anos anteriores, a procissão começava na esquina com a Rua Tiradentes. Segundo o padre da igreja Sagrado Coração de Jesus, Diego Garcia, isso já acontece desde o ano passado e não é a primeira vez que o ponto de partida da procissão é alterado.

“Um dos motivos é valorizar diferentes partes da cidade que podem organizar e reunir este povo para o inicio da procissão. Muitas pessoas estranharam essa mudança, este pode ate ser o motivo desta pergunta, mas quero lembrar que esta procissão antigamente já iniciou em diversos lugares. Enfim, importa mesmo a fé com que caminhamos nesta procissão e nossa entrega a Jesus e sua mãe, a Virgem Aparecida”, salienta o sacerdote.

Sobre o apoio do poder público para a realização da 24ª Romaria de Nossa Senhora Aparecida, o padre Garcia conta que, apesar do evento estar presente no calendário cultural de Alvorada, houve dificuldades em angariar fundos para sua organização. Entretanto, segundo ele, a Prefeitura ofereceu o trio elétrico para a procissão e alguns banheiros químicos para o local da missa. Além disso, deve haver o trato do espaço onde será realizada a missa, como poda das arvores e aplainamento do chão.

COMENTÁRIOS ( )