Sexta-Feira, 15 de Dezembro de 2017 |

CORSAN anuncia R$ 683 milhões em investimentos para a rede de esgoto de Alvorada e Viamão

Edital preliminar para parceria público-privada foi publicado na segunda-feira

Por Redação em 29 de Setembro de 2017

"Com as obras, os problemas de mau cheiro próximos aos arroios da cidade devem ser solucionados" (Foto: Guilherme Wunder)


A Companhia Riograndense de Saneamento (CORSAN) publicou nesta segunda-feira, 24/09, o edital preliminar que define as diretrizes para as empresas interessadas em firmar a parceria público-privada. Através deste procedimento será contratada a empresa que deve assumir as obras e a operação do tratamento de esgoto em nove municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre.

O projeto prevê que a empresa vencedora invista R$ 1,85 bilhão nos municípios de Alvorada, Cachoeirinha, Canoas, Eldorado do Sul, Esteio, Gravataí, Guaíba, Sapucaia do Sul e Viamão nos próximos 35 anos. Apenas uma empresa será responsável em realizar as obras e a operacionalização dos sistemas nas nove cidades, que tem como objetivo universalizar a rede e o tratamento de esgoto.

No lançamento oficial, ocorrido nesta terça-feira, 26/09, foi salientado que a atual fase é a de consulta pública, que tem como objetivo recolher subsídios e informações na forma de contribuições que possam aprimorar o edital e seus anexos. As contribuições acolhidas serão registradas, consolidadas e incorporadas na documentação do procedimento licitatório levado à audiência pública para dar conhecimento a todos os interessados.

Somente na região de Alvorada e Viamão serão investidos R$ 683 milhões de reais. Com este recurso cerca de 113 mil residências deverão ter seu esgoto sanitário interligado e tratado na estação de Alvorada. Segundo o presidente da estatal, Flávio Ferreira Presser, a previsão de conclusão desta etapa é para 2027, daqui dez anos. O contrato com a empresa será de 35 anos.

“Na realidade o sistema de Alvorada e Viamão é interligado. Tanto que o esgoto de Viamão será tratado em Alvorada. Isso porque essa divisão não acontece através de limites municipais e sim de bacias hidrológicas. Em Alvorada e Viamão serão investidos R$ 116 milhões de reais da CORSAN e R$ 567 milhões serão investidos pela empresa que vencer a parceria público-privada. Ao todo serão R$ 683 milhões de reais somente para essa região”, conta Presser.

Segundo nota divulgada pela CORSAN, a expectativa da estatal é fazer com que os serviços cheguem a 87,3% da população das cidades incluídas até 2028. A companhia considera o percentual como universalização porque há áreas de difícil acesso para conexão das redes, que são excluídas do cálculo. Hoje, apenas 14% do Rio Grande do Sul tem cobertura de esgoto, enquanto a média nacional é de 49%.

Ainda conforme o presidente da estatal, todas as ruas de Alvorada e Viamão vão ter rede de esgoto, que serão interligados e direcionados até a estação de tratamento que será inaugurada em breve em Alvorada. Esta nova rede auxiliará no tratamento do esgoto doméstico, além de terminar com problemas da cidade, como o descarte e o mau cheiro dos arroios. Sobre o início das obras da empresa vencedora, Presser ressalta que devem iniciar após o terceiro ano, pois antes a estatal terá de terminar as obras já iniciadas.

“A CORSAN continua fazendo os investimentos em Alvorada, porque temos obras que estão em andamento. Assim que terminarmos o que é de nossa responsabilidade, a empresa vencedora do edital inicia os trabalhos, que está previsto para começar no terceiro ano. Porém, referente à operacionalização dos sistemas, já começa assim que a contratação da empresa estiver acertada”, conclui o presidente da estatal.

Ao todo, serão investidos cerca de R$ 2,3 bilhões nos nove municípios, sendo R$ 1,85 bilhão oriundos da iniciativa privada e R$ 450 milhões da CORSAN. Com isso serão beneficiadas 1,2 milhão de pessoas que devem receber as ações, além de serem gerados 32,5 mil empregos, sejam diretos ou indiretos.

A consulta foi iniciada nesta terça-feira e tem prazo de 30 dias. As cópias dos documentos podem ser obtidas junto à sede da Corsan, na Superintendência de Licitações (Sulic), na Rua Caldas Júnior, 120, 18º andar, em Porto Alegre, ou por meio do hotsite, na aba Consulta Pública. As sugestões devem ser entregues à companhia em formulário disponível juntamente com as minutas do edital e anexos que, uma vez preenchido, pode ser enviado parceria.equipe@corsan.com.br ou por correspondência endereçada à Corsan - Equipe PPP.

Obras na ETE

Na entrevista, o presidente da CORSAN, Flávio Ferreira Presser, afirmou que a nova Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), que deve atender as cidades de Alvorada e Viamão, será inaugurada em breve, faltando apenas detalhes técnicos para que isso aconteça – além de conciliar com a agenda do governador José Ivo Sartori. Em nota, a assessoria de imprensa da estatal afirmou que faltam apenas alguns ajustes finais e repavimentação do acesso.

COMENTÁRIOS ( )