Quarta-Feira, 21 de Abril de 2021 |

Empreendimentos trazem melhorias para o Bairro Passo do Feijó

Duplicação da Ponte da Gleba e conexão entre as ruas Caetano Dihl e Nova Prata atendem a pedidos históricos da comunidade

Por Redação em 26 de Fevereiro de 2021

"Nesta semana, após ter sido instalada, uma das pistas de rolamento recebeu a concretagem" (Foto: Matheus Pfluck)


Há anos que a comunidade do Bairro Passo do Feijó e os que saem ou chegam a Alvorada pela Ponte da Gleba pedem a duplicação do local a fim de acabar com o congestionamento em horários de pico e segurança aos motoristas e pedestres. Outra reinvindicação da comunidade é a ligação entre as ruas Caetano Dihl e Nova Prata, que até a década de 90 trazia melhor mobilidade ao trânsito da região.
Estes pedidos estão sendo atendidos após contrapartidas da empresa Carnetti Supermercado e Atacado que está se instalando no município. Em breve, deve abrir um Atacarejo no Passo do Feijó entre final deste ano e o primeiro trimestre de 2022 e outro Open Mall ou Centro Comercial no centro da cidade em meados de julho do próximo ano.

Duplicação da ponte
Desde o final do ano passado, esta reinvindicação está saindo do papel quando a ponte começou a ser construída. Já nesta semana, após ter sido instalada, uma das pistas de rolamento recebeu a concretagem.
Conforme conta o empresário Itamar Lorenzatto, quando se lançou o Estudo de Viabilidade Urbanística/EVU já existia uma vontade por parte da empresa em fazer a doação desta ponte porque além de contribuir com a comunidade ela serviria no fluxo local e também iria impulsionar o empreendimento.
A responsabilidade de realizar a obra está nas mãos da Carnetti Supermercado e Atacado e das Prefeituras de Porto Alegre e Alvorada. “A minha parte está dentro do córrego até as cabeceiras em sua integralidade atendendo a toda legislação e dentro deste orçamento de R$ R$331.700,00”, explica.
De acordo com o secretário de Obras e Viação de Alvorada, Rogério Negreiros o trânsito deve estar liberado até o dia 15 de março após a construção das cabeceiras. “Se fizermos uma rampa para o pessoal passar na ponte todos vão passar e vai danificar o concreto que não vai estar bem curado (seco). Então quando estivermos mais ou menos no vigésimo dia de cura, faremos as cabeceiras, asfaltaremos a entrada e tudo mais”, lembra.

Conexão
Além desta ponte, outra contrapartida da empresa com o município é a doação de uma área de quase mil metros quadrados localizado na Travessa Antônio Vieira que vai fazer a conexão com a Rua Nova Prata. “Está previsto e apalavrado com o prefeito de fazer toda a melhoria da Avenida Caetano Dihl porque ela é toda esburacada. Então como esta ponte vai chamar fluxo, o prefeito se comprometeu a fazer toda a melhoria desta via para que seja um trânsito melhorado”, explica.
Ainda, o empresário fala que foi oferecida, por parte da empresa, a doação deste terreno e, por questões legais, agora passa pelo Legislativo para fazer alteração da matrícula, desmembramento e assim por diante. “A partir deste momento a Prefeitura tem seis meses para as execuções. Vamos trabalhar com um prazo bem longo, final deste ano, mas acredito que antes”, conta Lorenzatto.negritonegritonegrito

COMENTÁRIOS ( )