Tera-Feira, 02 de Maro de 2021 |

Empresários pedem mais infraestrutura no Distrito Industrial

Em nota, Prefeitura informou que tem conhecimento da carência de sinalização no local

Por Redação em 05 de Fevereiro de 2021

"Em janeiro pintura foi feita no entroncamento entre as Avenidas Getúlio Vargas e a Estrada Capitão Gentil Machado de Godoy se estendendo até a RS 118" (Foto: Guilherme Wunder)


Na última edição o jornal A Semana publicou reportagem sobre melhorias realizadas na sinalização viária do Distrito Industrial mais especificamente entre as avenidas Getúlio Vargas e a Estrada Capitão Gentil Machado de Godoy se estendeu até a RS-118.

Já nesta semana a reportagem conversou com Adilson Ricardo Torma, vice-presidente da Indústria da Associação Comercial e Industrial de Alvorada (ACIAL) a fim de saber as demandas que os empresários necessitam no local.

Para saber sobre estas necessidades, Torma falou com responsáveis pelas empresas do Distrito e, segundo ele, os comentários foram os seguintes. “As marcações centrais nas pistas ajudam muito, mas para tornar a Avenida mais segura seriam necessários que fossem colocados tachões no meio das pistas evitando que fossem feitas ultrapassagens em pontos perigosos”, explica.

Além disso, segundo os empresários, faltam marcações nas laterais, placas que indiquem grande movimentação de caminhões e algum redutor de velocidade para evitar que os carros corram ou façam os famosos “rachas” que por vezes ocorrem em algumas vias.

Ainda, Torma ouviu que algo muito importante é tornar o entroncamento entre a RS-118 e a Avenida Presidente Getúlio Vargas mais seguro e cita alguns exemplos que poderiam ser implantados no local. “Utilizando uma rotatória onde obrigasse os veículos que viessem pela RS-118 contornar ela, visto que uma sinaleira iria gerar transtornos e uma alça de viaduto teria um custo muito elevado na RS-118, até um controlador de velocidade iria ajudar muito, e a um custo muito menor”, conclui.

Executivo

Em nota a Coordenadoria de Comunicação Social informou que sobre intervenções no trecho próximo a RS-118, o município tem conhecimento da carência de sinalização no local, e está no processo de obter os materiais e equipamentos necessários para a realização destas obras.
Já sobre mudanças no entroncamento da RS-118, por se tratar de uma rodovia estadual, possíveis intervenções na RS-118 são de responsabilidade do Estado.

COMENTÁRIOS ( )