Sbado, 08 de Agosto de 2020 |

Estado cria grupo de trabalho para debater violência contra os negros

Pauta surgiu após visita do movimento Vidas Negras Importam

Por Redação em 24 de Julho de 2020


O governador Eduardo Leite (PSDB) e o secretário de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH), Mauro Hauschild, formalizaram, na tarde de quarta-feira, 22/07, a criação de um grupo de trabalho para debater temas relacionados à violência contra a população negra. A medida é resultado do diálogo que o governador teve com integrantes do movimento Vidas Negras Importam, recebidos no Palácio Piratini.

Na ocasião eles foram até o governador para apresentarem suas demandas. “Estamos convidando membros da sociedade civil e de órgãos públicos para integrar o debate. A intenção é estabelecermos um debate com pessoas de várias áreas, principalmente os integrantes do movimento Vidas Negras Importam, mas também participantes de outros movimentos ligados à causa”, esclareceu o secretário Hauschild.

Uma das demandas apresentadas pelo grupo é a capacitação e recapacitação da atividade policial em outros setores que não apenas a repressão. “Será um dos nossos focos, inclusive com apoio pedagógico da Secretaria da Educação. Não será apenas a apresentação de palestras, queremos algo que envolva a preparação de conteúdo”, destacou o titular da SJCDH.

Liderado pela Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, o grupo de trabalho será composto por representantes da Procuradoria-Geral do Estado, das secretarias de Comunicação, de Governança e Gestão Estratégica, da Educação e da Segurança Pública, da Brigada Militar e da Polícia Civil. Além disso, representantes da Defensoria Pública, do Ministério Público e do Tribunal de Justiça serão convidados a participar.

Outro setor que deve ser representado e será convidado são os membros da sociedade civil. O grupo tem o prazo de 120 dias para apresentar um relatório final das atividades ao governador Eduardo Leite. Depois disso, serão estudadas ações a serem tomadas, com base no relato. Não foi divulgado quando esses encontros devem começar e o plano de trabalho dos próximos dias.

COMENTÁRIOS ( )