Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020 |

Morador relata demora na entrega dos Correios na Rua da Figueira

Osvaldo Brollo diz que contas como telefone e consórcio chegam com um mês de atraso

Por Redação em 21 de Agosto de 2020

"Osvaldo Brollo diz que contas como telefone e consórcio chegam com um mês de atraso" (Foto: Arquivo A Semana)


No final da semana passada o assinante Osvaldo Brollo entrou em contato com o jornal A Semana em busca de soluções para o seu problema: a demora na entrega dos Correios em sua rua.

O comerciante, que reside na Rua da Figueira, no Bairro Sumaré, afirma que muitas vezes, contas de telefone, consórcio e outras chegam com 30 dias após a data de pagamento, fazendo com que ele tenha que pagar juros e multas. “Deve ter fechado os correios, deve ter falido porque esta administração deles é péssima, terrível. Daí quando chega os boletos tem que pagar juros por causa que eles não entregam como deveria”, reclama.

O morador ainda explica que o problema também ocorre em casas vizinhas à sua e que muitas vezes quando vai até a sede dos Correios enfrenta fila por horas e quando é atendido o servidor informa que a correspondência já foi encaminhada para a sua residência. “Aqui é um comercio, precisamos das contas para pagar. Se atrasar três, quatro dias, já tem multas e juros. A minha conta do telefone vence dia dois e hoje dia 19 não veio ainda e daí? Agora pelo dia 28 ou dia 30 eles entregam, mas daí já fiz toda a correria para pagar”, relata.

Correios

Em nota os Correios informaram que a entrega de objetos está sendo realizada como o previsto na cidade de Alvorada, inclusive na Rua da Figueira, no Bairro Sumaré, e que desde março, estão adotando, diversas medidas de proteção à saúde de seus empregados, clientes e fornecedores, em função da pandemia. A empresa ainda autorizou a realização de trabalho remoto para empregados classificados em grupos de risco e atua para garantir o bom funcionamento das atividades operacionais.

Além das questões relacionadas à pandemia, é preciso destacar que a unidade de Alvorada tem recebido muitos objetos com Código de Endereçamento Postal (CEP) genérico, o que pode provocar atrasos na entrega, pois dificulta a triagem e encaminhamento das cartas e encomendas. Vale lembrar que Alvorada tem CEP’s específicos para cada logradouro e que os moradores devem atualizar os CEP’s e endereços junto aos seus correspondentes (pessoas e empresas que lhes enviam cartas e encomendas). Os CEP’s de Alvorada podem ser pesquisados no Busca CEP dos Correios, no site www.correios.com.br. Ainda é possível fazer a pesquisa por meio da Central de Atendimento dos Correios (CAC), pelos telefones 3003 0100 para as capitais e regiões metropolitanas e 0800 725 7282 para as demais localidades.

Para esclarecer dúvidas ou registrar reclamações, a população pode acessar o “Fale Conosco”, no site www.correios.com.br, ou ligar para a Central de Atendimento aos Clientes dos Correios (CAC), pelo telefone 0800 725 0100 (de segunda à sexta-feira, das 8h às 20h, e nos sábados, das 8h às 14h).

Greve

Na segunda-feira, 17/08, os trabalhadores dos Correios entraram em greve e não há prazo para o fim da paralisação conforme a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares.

Para não ser surpreendido pelos juros e multas decorrentes disso, o ideal é que o consumidor faça um planejamento do pagamento das contas, observando a época em que elas costumam chegar.

Se perceber que o prazo do vencimento está perto e o boleto não chegou, o consumidor deve se antecipar, entrando em contato com o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) da empresa emissora da conta e solicitar uma outra forma de realizar o pagamento: segunda via do boleto, sem os juros, entrega da cobrança por e-mail, depósito bancário ou código de barra para pagamento em caixa eletrônico. Caso não seja possível outra forma de pagamento, inclusive após contato com o fornecedor, a dívida não poderá ser cobrada com juros e multa.

COMENTÁRIOS ( )