Sábado, 16 de Dezembro de 2017 |

Morre aos 85 anos, pastor Ari Pfluck, fundador da escola e faculdade São Marcos

Velório aconteceu durante a quarta-feira, 02 de agosto

Por Redação em 01 de Agosto de 2017

"Ao lado de sua esposa, na cerimônia de titulação de Pastor Emérito" (Foto: Divulgação)


O Jornal A Semana informa o falecimento do ex-diretor e reitor da Escola e Faculdade São Marcos e Cidadão Honorário de Alvorada, Pastor Ari Pfluck na tarde desta terça-feira, 01/08. Aos 86 anos de idade, ele a deixa esposa, Gerta; cinco filhos, Hardo, Donato, Werner, Luis e Dagomar Pfluck; além de onze netos e uma bisneta. O motivo da morte divulgado pela equipe médica foi insuficiência cardíaca e respiratória.

O velório aconteceu na manhã de quarta-feira, 02/08, na sede social da Associação Comercial e Industrial de Alvorada (ACIAL), e contou com a presença de centenas de pessoas. Na ocasião, familiares e amigos prestaram suas últimas homenagens ao pastor. Após o velório, os presentes seguiram em cortejo até o Cemitério São Jerônimo.

Pastor Emérito

No dia 03 de maio de 2015, o pastor Ari Pfluck havia recebido da Igreja Evangélica Luterana do Brasil (IELB) o título de Pastor Emérito, que é concedido aos que dedicaram mais de quarenta anos ao serviço da Igreja.

Homenagem nos 50 anos de Alvorada

Em setembro de 2015, no mês de aniversário de Alvorada, a Câmara de Vereadores prestou diversas homenagens às pessoas que se destacaram na história do município. Uma destas personalidades foi Pastor Ari Pfluck, fundador da Escola e da Faculdade São Marcos. A justificativa para a honraria foi os mais de trinta anos dedicados à educação no município, tendo criado a primeira escola privada e a primeira faculdade de Alvorada, a qual dirigiu desde a fundação até 2010, transformando-as em referência em educação na cidade. Em seu discurso, Ari Pfluck, agradeceu emocionado aos vereadores, destacando que esta era a quarta distinção já concedida pelo legislativo, juntamente com os títulos de Cidadão Honorário, Desbravador da Educação e Honra ao Mérito. Segundo o pastor, estes gestos ilustram a forma acolhedora com que a cidade o acolheu e apoiou seus projetos, que são o seu legado para a sociedade alvoradense.

Trajetória

Formado em Teologia pelo Seminário Concórdia de Porto Alegre, em 1958, o Pastor Ari percorreu várias localidades do sul do Brasil, atendendo a comunidades da Igreja Luterana. Com vocação para a educação, sempre procurou aliar as atividades religiosas com o magistério, e formou-se em Pedagogia, pela UNIJUÍ, em 1976, e em Metodologia do Ensino Superior pela Ulbra, em 1990.
Em 1981 chegou a Alvorada, atendendo ao chamado da pequena Comunidade Luterana São Marcos, para reunir as poucas famílias luteranas espalhadas pela cidade. Já no ano de 1983 iniciou a construção da Escola São Marcos, a primeira da iniciativa privada no município, tendo a Comunidade como mantenedora, cujas aulas iniciaram em março de 1984.

Nos primeiros anos, dividia seu tempo atendendo à igreja, com seus cultos e atividades dos departamentos, visitas aos membros e trabalhos de missão, enquanto também administrava a Escola, gerenciava a construção dos novos prédios e do ginásio de esportes e ainda lecionava a disciplina de Religião. Como o trabalho se avolumava, porque o número de alunos da Escola crescia a cada ano, sugeriu à Comunidade que fosse chamado outro pastor para dividir as tarefas. A Comunidade entendeu que, graças aos bons resultados do Pastor Ari frente à Escola, este deveria permanecer cuidando da educação enquanto um novo pastor se dedicaria exclusivamente à igreja.

Em 1997, o Pastor Ari lançou o desafio de fundar uma faculdade, a primeira da cidade, e iniciou os projetos, que foram enviados ao MEC em 1998. Em dezembro de 2000 foi publicada a portaria de autorização e o primeiro vestibular aconteceu em fevereiro de 2001, para o curso de Administração.

Nos anos seguintes, motivado pelo crescimento da Faculdade, que seguia a trajetória de sucesso da Escola, propôs a construção de um novo campus, onde pudessem ser oferecidos novos cursos e ampliadas às atividades acadêmicas e de pesquisa. Para tanto foi adquirida, em 1998, uma área de 27 hectares na parada 54, e foram desenvolvidos os projetos arquitetônicos, ambientais e de financiamento.

Em fevereiro de 2010 desligou-se da Escola e da Faculdade, deixando seu legado para as futuras gerações: uma instituição com nome reconhecido pela excelência na educação e um exemplo pessoal de determinação, empreendedorismo, que marcaram a história da cidade de Alvorada.

COMENTÁRIOS ( )