Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2020 |

Prefeitura aprova obra de macrodrenagem da região Salomé/Flores da Cunha

Serão aplicados R$10.351,158,74 para solucionar os problemas na região

Por Redação em 16 de Outubro de 2020

"A ação, eleita como prioritária pela administração, deverá acabar com as cheias na região como aconteceu na tarde do dia 04 de fevereiro do ano de 2016 quando a Avenida Presidente Getúlio Vargas ficou intransitável" (Foto: Arquivo A Semana)


O Conselho Deliberativo do Fundo Municipal de Gestão Compartilhada (FMGC), em reunião extraordinária realizada no dia 09 de outubro, aprovou a aplicação do recurso de R$10.351.158,74, a ser investido em obras de macrodrenagem do complexo Salomé/Flores da Cunha. A ação, eleita como prioritária pela administração, tem cronograma físico-financeiro a ser executado nos exercícios de 2021, 2022 e 2023, com aporte de repasse da CORSAN, no valor de R$9.600.000,00 e a diferença (R$ 751.158,74), a ser custeada como contrapartida pela Prefeitura.

O secretário de Governo e Gabinete (SGG) e coordenador do FMGC, Paulo Ramos, falou da conquista, que é decorrência do 3º Termo Aditivo ao Contrato de Programa nº 058, firmado com a CORSAN. “Será a maior obra, o maior investimento em macrodrenagem já realizado no município e acabará de vez com os alagamentos da Avenida Presidente Getúlio Vargas e entorno, escoando regularmente as águas que tanto prejuízo trazem para considerável parcela de moradores e comerciantes da bacia Salomé/Flores da Cunha, a cada grande chuva”, salienta o titular da pasta.

COMENTÁRIOS ( )