Quarta-Feira, 21 de Abril de 2021 |

Primeiro ecoponto de Alvorada deve ser implantado em frente ao Instituto Federal no Bairro Umbu

No entanto, não há data para que a implantação do serviço inicie

Por Redação em 05 de Março de 2021


Uma das alternativas para pôr fim ao descarte irregular em terrenos espalhados pela cidade são a construção de Estações de Entrega Voluntária de Resíduos Sólidos ou os chamados Ecopontos.
Cidades vizinhas como Canoas e Gravataí já possuem estes lugares que tem a principal finalidade de servir como local para a destinação desses resíduos de maior volume que o sistema público de lixo municipal não coleta.

Devido à falta de um lugar público para o encaminhamento, grande quantidade de resíduos, como caliça, sofás, armários, galhos de árvores, são descartados nas ruas, iniciando a geração de focos de resíduos nas vias públicas. O morador precisa apenas procurar um dos endereços disponibilizados pela Prefeitura e fazer a entrega de forma voluntária e sem nenhum custo dos materiais.

Até o momento nada

Já em Alvorada a instalação desses equipamentos públicos já está prevista no Plano Municipal de Saneamento Básico, publicado em 2013. De acordo com o Plano, até o ano de 2023 Alvorada deverá ter cinco Ecopontos instalados, evoluindo para, pelo menos, oito em 2033, tendo como meta zerar a quantidade de focos de lixo em vias públicas.

A última vez que o tema foi pauta no jornal A Semana foi em abril de 2017, quando a então secretária de Meio Ambiente (SMAM), Thais Pena, falou que dois locais receberiam pequenos e grandes volumes como sofá, eletrônicos e pneus. Porém, até o momento, nenhum ecoponto foi instalado fazendo com que em muitos terrenos estes materiais sejam jogados clandestinamente.

Em contato com a Coordenadoria de Comunicação Social (CCS) foi explicado que a Prefeitura, por meio da SMAM junto do setor de Fiscalização Ambiental, realizou um levantamento da localização geográfica de todos os focos de lixo de Alvorada, para assim identificar os locais ideais para as construções destes Ecopontos.

Embora esteja sendo realizado um projeto-piloto para a instalação, baseado neste levantamento geográfico, foi definido que o terreno em frente ao Instituto Federal do Rio Grande do Sul é onde estará instalado este primeiro ecoponto.

No entanto, o projeto-piloto ainda está em desenvolvimento pela SMAM e não tem, ainda, alguma data para iniciar a construção no espaço do Ecoponto, cada tipo de resíduo deve ser acomodado em containers metálicos separados, tendo em vista que cada um tem uma destinação.

COMENTÁRIOS ( )