Tera-Feira, 02 de Maro de 2021 |

Brigadas de Alvorada e Viamão prende trio

Um assalto a um estabelecimento comercial no bairro Vila Elza...

Por Redação em 15 de Janeiro de 2021


Um assalto a um estabelecimento comercial no bairro Vila Elza movimentou em conjunto as Brigadas Militares de Alvorada e Viamão. Os meliantes, sendo dois homens e uma mulher, após o assalto, saíram tranquilamente pela região, porém policiais militares que estavam na região foram alertados do assalto e com informações precisas, localizaram o veículo Gol VW branco e na tentativa de abordagem, foi iniciado uma perseguição, terminando no final da rua Julho de Castilhos, no bairro Piratini, em Alvorada contando com o auxílio de policias militares da cidade.

Na tentativa da segunda abordagem, os meliantes dispararam contra os policiais e os dois marginais foram atingidos, se entregando e com um deles foi encontrado um revolver calibre 38 municiado com dois cartuchos e um estojo. O comparsa, após consulta de dados, foi constatado que estava em situação de Preso Foragido. No veículo foi localizada uma mulher e na busca no interior do veículo foi localizado um tijolo de cocaína e a mulher prontificou-se a levar os policiais até uma residência na mesma rua e apontou uma motocicleta Suzuki, que estava em ocorrência de roubo, e também mostrou no interior da casa uma mochila contendo 28 torrões de maconha, 10 pinos grandes de cocaína, 15 pinos pequenos de cocaína, 2.015 pedrinhas de crack, dinheiro, balança de precisão, um rádio transmissor HT e embalagens plásticas para embalar drogas. Todos devidamente identificados, veículos e drogas foram levados à Delegacia de Pronto Atendimento na cidade.

Durante o atendimento, três homens chegaram a um veículo Renault Sandero cinza e um deles se apresentou como proprietário do VW Gol que estava apreendido alegando ter sido vítima de roubo na parte da manhã. Os policiais suspeitaram dos elementos e após breve vistoria no veículo Renault dos mesmos foi encontrado um revólver 38 municiado com seis cartuchos. Diante dos fatos, os três homens receberam voz de prisão e também foram apresentados na DPPA e os materiais apreendidos ficaram na Delegacia para encaminhamento do processo.

COMENTÁRIOS ( )