Quarta-Feira, 21 de Abril de 2021 |

Empresa de envase de água mineral fechada

A Polícia Civil em ação conjunta com o Ministério Público...

Por Redação em 01 de Abril de 2021


A Polícia Civil em ação conjunta com o Ministério Público Estadual, Centro Estadual de Vigilância em Saúde (CEVS), Vigilância Sanitária de Municipal/RS e Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luís Roessler (FEPAM), deflagrou a Operação Inquinada, e cumpriu na tarde de quinta-feira, 25/03, 03 mandados de busca e apreensão nas cidades de Alvorada/RS e Gravataí/RS, com o objetivo de coibir a envase e armazenamento e distribuição de água mineral em desacordo com as prescrições legais.

Na RS 118, em Alvorada, a empresa Água Mineral Vida Leve estava envasando o líquido sem autorização dos órgãos competentes e falta de documentação. Foi também identificada a utilização de fonte de água interditada para o envase de água mineral, ausência de análises obrigatórias de água utilizada, ausência de higiene geral, presença de pragas na área de produção e falta de isolamento das áreas dentro do recinto, entre outras irregularidades. Diante dos fatos, a Vigilância Sanitária de Alvorada/RS emitiu Auto de Infração Sanitária em desfavor da empresa, realizando a inutilização imediata de produto, sendo descartados mais de 6000 litros de água já envasada da marca Vida Leve. A FEPAM lacrou o poço que estava sendo utilizado irregularmente, sendo confeccionado Auto de Infração em desfavor da empresa Água Mineral Vida Leve determinando a suspensão de todas as atividades.

Na operação, três homens foram presos por crime contra as relações de consumo e encaminhados às autoridades competentes ficando à disposição da justiça. E nos outros dois locais visitados pela fiscalização, não foram encontradas irregularidades.

COMENTÁRIOS ( )