Segunda-Feira, 18 de Dezembro de 2017 |

Suspeito de homicídio preso

A ação foi decorrente do cumprimento de mandado de prisão preventiva

Por Redação em 24 de Novembro de 2017

"Segundo o delegado Arthur Raldi, o fato que ensejou a expedição da ordem de prisão ocorreu em fevereiro" (Foto: Polícia Civil)


A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Capturas (Decap), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), prendeu na manhã de quarta-feira, 22/11, um homem de 19 anos pelo crime de homicídio, no Bairro Aparecida. A ação foi decorrente do cumprimento de mandado de prisão preventiva e pesa sobre ele a suspeita de matar a enteada de 3 anos, no início do ano. Após os trâmites legais, o mesmo ficou à disposição da justiça. Segundo o delegado Arthur Raldi, o fato que ensejou a expedição da ordem de prisão ocorreu em fevereiro do corrente ano, na Vila Formoza. “A mãe da vítima, uma criança de 3 anos, saiu momentaneamente de casa e deixou a filha com seu companheiro. Pouco tempo depois, o companheiro teria ligado e dito que a menina havia se afogado na banheira, enquanto ele teria a deixado para pegar uma toalha. A criança foi socorrida no hospital, mas não resistiu e veio a óbito”, conta o delegado. A investigação verificou que o suspeito, padrasto da vítima, não seria testemunha do fato e sim, provável suspeito do homicídio.

COMENTÁRIOS ( )