Quarta-Feira, 18 de Outubro de 2017 |

1º suplente do PTB, Alexandre Espeto, assume cadeira na Câmara de Vereadores

Vereador que substitui Gerson Luís que está afastado, somou 918 votos no último pleito eleitoral

Por Redação em 06 de Outubro de 2017

"Político deve permanecer no cargo enquanto Gerson Luís recorre afastado." (Foto: Guilherme Wunder)


Nesta terça-feira, 03/10, o primeiro suplente do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Alexandre Espeto, que conquistou 918 votos nas eleições de 2016, assumiu uma cadeira na Câmara de Vereadores. O político assume o lugar do vereador Gerson Luís, que está afastado por tempo indeterminado, devido a um processo do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, conforme noticiado pelo Jornal A Semana.

Na última sessão a cadeira do PTB havia ficado vazia e, no início da sessão desta semana, Espeto tomou posse. Entretanto, não existe uma expectativa de quanto tempo o novo legislador permanecerá no cargo. Isso porque Gerson Luís vem trabalhando para recorrer a liminar e poder reassumir seu cargo. Entretanto, mesmo sem a perspectiva de que fique por muito tempo como vereador, Espeto salienta o que pretende fazer durante o período.

“Quero poder aproveitar bastante o tempo que tenho para trabalhar fortemente nos bairros em que tenho força, como a Stella Maris. Quero visitar escolas e creches para entender a situação e poder, junto com os vereadores, trabalhar na busca de melhorias na cidade. Eu trabalhei sempre na busca de melhorias junto às associações de moradores e quero trabalhar forte nisso”, ressalta o político.

Demandas da saúde

No início da sessão, diversos vereadores aproveitaram o espaço na tribuna para, novamente, buscar melhorias no Hospital de Alvorada. Isso porque, segundo os políticos da cidade, não param de chegar reclamações de negligência dos médicos com os alvoradenses. A pauta vem ganhando força desde o caso da jovem Josiane de Oliveira da Silva.

Desde então houve reuniões com representantes do próprio hospital e também com a Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa. Entretanto, ainda não é possível, segundo os vereadores, se notar mudanças significativas na instituição. A vereadora Irmã Sara (PMDB), que é presidente da Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Câmara, aproveitou a palavra para salientar as ações que estão sendo planejadas pelo Legislativo.

“Chegamos ao limite. Está na hora de tomarmos uma atitude e não ficarmos omissos com o descaso do hospital com a população. Temos de tomar uma posição e entrarmos com uma representação contra a instituição que está tirando vidas de pessoas que precisam daquele serviço”, enfatiza Sara.

O vereador Cristiano Schumacher (PT) anunciou a vinda de recursos destinados para a área da saúde do município. Segundo ele, o senador Paulo Paim (PT) destinou R$ 250 mil para a compra de equipamentos para as novas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e o deputado federal Paulo Pimenta (PT) colocou mais R$ 150 mil para as UBSs da cidade. Além disso, o deputado destinou ainda mais R$ 180 mil para a compra de um novo veículo para o SAMU. Além disso, o vereador Júlio Bala (PMDB) também falou que o deputado federal Jones Martins (PMDB) destinou R$ 500 mil para a cidade.

Projeto de Lei Nº 052/2017

A Câmara de Vereadores também aprovou, em dois turnos, o Projeto de Lei Nº 052/2017, que trata da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018. Segundo carta enviada pelo prefeito José Arno Appolo do Amaral (PMDB), o objetivo desta lei é propiciar a gestão equilibrada dos recursos assegurando a consolidação, por fonte de recursos, do uso do superávit financeiro e dos excessos de arrecadação com as respectivas reestimativas de receitas. O projeto foi aprovado por unanimidade pelos vereadores presentes.

COMENTÁRIOS ( )