Segunda-Feira, 20 de Novembro de 2017 |

Aprovado mais de R$ 200 mil para praças

Além disso, outros seis projetos foram votados e aprovados em sessão

Por Redação em 01 de Setembro de 2017

"Dos oito projetos de lei votados, apenas um não foi aprovado por unanimidade pelo Legislativo" (Foto: Guilherme Wunder)


Em sessão realizada nesta terça-feira, 29/08, a Câmara de Vereadores aprovou por unanimidade o Projeto de Lei Nº 051/2017, que autoriza o Executivo a abrir crédito de R$ 272.649,64 mil para as obras das praças Tijuca e Piratini. O projeto foi visto com bons olhos pela comunidade dos bairros que estavam presentes e pelos vereadores, que parabenizaram a iniciativa.

Os valores são oriundos de emendas parlamentares do Partido dos Trabalhadores (PT), como foi divulgada na edição 1471 do Jornal A Semana. O vereador Juliano Marinho (PT) foi um dos citados pela tribuna como um dos responsáveis por batalhar pela vinda deste recurso e aproveitou o momento para falar sobre a importância de a comunidade estar presente.

“Teve pessoas que disseram que a Câmara era contra o projeto, mas pelo contrário. Até porque, senão fosse o Legislativo fazer a discussão nos últimos dias, esse projeto não passaria e corríamos o risco de perder este recurso. Foi a mobilização da comunidade da Tijuca que garantiu essa obra, assim como também garantiram a reforma da UBS do bairro”, salienta Marinho.

Projeto de Lei 058/2017

Outro projeto votado e aprovado em sessão foi o de Nº 058/2017, que visava alterar os dispositivos da Lei Municipal Nº 2.316/11. Porém o mesmo não foi aprovado por unanimidade. Isso porque o vereador Celmir Martello (DEM) se mostrou contrário ao projeto e disse não concordar com a ideia de dar um cheque em branco para o governo.

“Nós somos fiscais do Governo e nós não podemos autoriza-los para que ele negocie áreas do Distrito Industrial. Nós vamos acabar não conseguindo trazer empresas para Alvorada porque está tudo loteado. Nós somos passageiros, mas as pessoas ficam. Nós não podemos dar esse cheque em branco, por mais que o Governo esteja bem intencionado”, ressalta o vereador Martello.

Demais aprovações

Outros cinco projetos de lei foram votados e aprovados – todos por unanimidade – na última sessão. Entre eles estão três de autoria do poder Executivo e dois do Legislativo. São eles: 053/2017, que cria o Conselho Municipal da Igualdade Racial; 055/2017, que altera a Lei Nº 2586/12; e a 057/2017, que estabelece incentivo e benefícios fiscais às startups que vierem a se instalar no município.

Já os dois projetos de origem do poder Legislativo que foram aprovados são o 022/2017, do vereador Zézo (PDT), que denomina a Rua 46, no Bairro Umbu; de Rua Adão Wilmar Bertodo. O outro projeto aprovado foi o Nº 027/2017, de autoria do vereador Juliano Marinho (PT), que institui a semana municipal de luta e conscientização sobre a depressão e de prevenção do suicídio.

COMENTÁRIOS ( )