Sexta-Feira, 27 de Novembro de 2020 |

Áudio vazado e compartilhado nas redes sociais orienta servidora a burlar ponto para participar de atividades eleitorais

Convocação foi supostamente feita pela candidata Nadir Machado, que preferiu não se manifestar sobre o ocorrido

Por Redação em 30 de Outubro de 2020

"Segundo o áudio, era para a funcionária que trabalha na SMED bater o ponto e ir para a rua fazer campanha" (Foto: Arquivo A Semana)


Na última semana as redes sociais foram tomadas por um áudio onde, supostamente, a ex-secretária de Educação (SMED) e candidata a vereadora, Nadir Machado (PTB) estaria convocando uma funcionária de empresa terceirizada para atuar na campanha política. Contudo, para isso, a servidora deveria burlar o sistema de ponto e não cumprir sua jornada de trabalho.

Conforme o áudio, a atual secretária da SMED, Ana Brunetta, teria ciência do fato e foi orientado de que não era o momento de ficar no seu posto de trabalho. “Agora é a hora da pegada. Nós estamos na reta final e não adianta ficar na SMED sentada. Fica de manhã e de tarde é pé na estrada. Assina teu ponto das 07h da manhã as 14h”, ressalta a ex-secretária, cujo grupo político apoia a reeleição do prefeito Appolo (MDB).

Além disso, ela supostamente afirma que é necessário ir para a campanha senão pode acabar ficando desempregada – em caso de derrota da atual administração neste pleito. “A partir de amanhã será assim. Vem para cá para a gente trabalhar, senão depois do dia 17 a gente estará tudo desempregado. Eles vão ligar para as empresas e começar a colocar os deles, pode saber disso”, finaliza o áudio.

Nota da Nadir

A reportagem do Jornal A Semana contatou a candidata a vereadora Nadir Machado para saber o que de fato tinha acontecido e se ela gostaria de se posicionar sobre o ocorrido. Contudo, a ex-secretária de Educação informou que não se posicionará sobre o assunto. Ela afirma já ter feito Boletim de Ocorrência sobre o ocorrido e que, quando houver novidades sobre o assunto, se manifestará.

COMENTÁRIOS ( )