Segunda-Feira, 05 de Dezembro de 2022 |

Câmara aprova pacote de projetos enviados pela Prefeitura e que tratam do funcionalismo

Entre as pautas está o reajuste salarial e a criação de novas secretarias de governo

Por Redação em 07 de Janeiro de 2022


A Câmara de Vereadores se reuniu na tarde de quinta-feira, 06/01, para sessão extraordinária. Na pauta haviam cinco projetos do Executivo que tratavam diretamente do funcionalismo público. Três vereadores não estavam presentes na sessão. São eles: Daniel Bordim (DEM), Nadir Machado (PTB) e Rodrigo Schim (PL).

O presidente Cristiano Schumacher (PTB) explicou que, dos três vereadores, um teve a confirmação de ter contaminado a Covid-19. Já os outros dois estavam apresentando sintomas gripais e, por causa disso, foram orientados a não participarem da sessão. Não foi divulgado quem é o contaminado. Devido ao aumento de casos no município, houve limitação de público e garantia de distanciamento na plenária.

Entre os projetos estavam o Regime Jurídico dos Servidores, a avaliação de desempenho do estágio probatório, a alteração da estrutura administrativa, a gratificação de regência de classe e o salário do Executivo. Todos os projetos foram aprovados de forma unânime – com exceção do artigo que tratava da criação de cargos, que não teve o apoio de Leandro Tur (PT), Giovana Thiago (PT) e Cristiano Oliveira (PP); mas foi sancionado.

Em sua fala, o presidente destacou algumas das mudanças aprovadas durante a tarde. “O reajuste no salário de base de todas as categorias em 13,1%. A gratificação especial dos guardas que estão em campo e dos professores que estão na sala de aula. Nós recebemos diversas ligações e visitas das categorias onde a gente tirou as dúvidas e aperfeiçoou os projetos”, afirma Schumacher.

Segundo ele, foi uma semana de muito diálogo e debate. Isso com a administração municipal e também com as classes de servidores e o SIMA. “Estávamos até agora sanando as dúvidas e mexendo nos projetos. Foram diversas emendas apresentadas pela Prefeitura e pelo conjunto de todos os vereadores. Também existem sugestões e contribuições importantes do SIMA”, conclui.

Mudanças no governo

Agora Alvorada conta com 16 pastas – antes eram 14. A Secretaria de Governo e Gabinete (SGG) foi desmembrada entre Secretaria de Governo (SMG) e Secretaria de Gabinete e Relações Comunitárias (SMGRC). Já a Secretaria de Planejamento e Orçamento (SEPLAN) foi extinta e agora está junto da Secretaria da Fazenda, Planejamento e Orçamento (SMFPO).

A Secretaria de Planejamento Urbano e Habitação (SMPH) também foi desmembrada entre Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária (SMHRF) e a Secretaria de Planejamento e Gestão Urbana (SMPGU). Também foi criada a Secretaria de Comunicação Social e Relações Institucionais (SMCSRI). Ainda não foram divulgados os nomes que ocuparão essas novas pastas.

COMENTÁRIOS ( )