Domingo, 29 de Novembro de 2020 |

Campanha do prefeito Appolo e dos 17 vereadores eleitos somam R$426.371,90 arrecadados

No caso do chefe do Executivo que foi reeleito, os valores arrecadados são menores que as despesas feitas na campanha

Por Redação em 20 de Novembro de 2020

"No caso da professora Nadir (PTB), ela foi a que mais arrecadou recursos e foi a menos votada entre os eleitos" (Foto: Divulgação)


De quatro em quatro anos, ocorrem as eleições municipais em todo o território nacional, em que os candidatos a prefeito e vereadores gastam muito dinheiro para se eleger com o pagamento de propagandas de todo o tipo, como carros de som, publicidade em meios de comunicação e outros gastos de campanha. Para que isso aconteça é necessário que haja doadores que custeiem essas despesas.

Todos os candidatos ao Executivo e Legislativo declararam suas doações e seus bens ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Esses dados são públicos e todos os alvoradenses – assim como moradores de qualquer localidade – podem consultar os valores arrecadados, as despesas e os bens que são declarados por cada candidato a prefeito e vereador de todos os pleitos.

Doações aos prefeitos

Os seis candidatos que disputaram as eleições para o Executivo prestaram conta junto ao TSE em que declararam valores de doações e seus bens. De acordo com os números disponibilizados, os valores das doações que foram empregados chegaram a R$973.155,12. Essas doações foram feitas por pessoas físicas, candidatos, do partido, de recursos de origem não identificados ou de recursos do próprio candidato.

Conforme os dados do TSE, o candidato que mais recebeu recursos foi Douglas Martello (DEM), que arrecadou R$272.891,00. O que menos recebeu doações foi Junior Caminhoneiro (PSOL), que angariou R$13.181,20. Ele também foi o que menos gastou na campanha, com R$10.421,00. Já o que mais gastou foi o prefeito eleito, José Arno Appolo do Amaral (MDB), que teve R$225.092,77 em despesas.

Declaração de bens e patrimônio

No mesmo portal também estão disponibilizados a declaração de bens dos candidatos. O que possui maior patrimônio é Stela Farias (PT) com R$489.000,00. Já o que declarou menor número de bens é Junior Caminhoneiro (PSOL), com R$47.000,00. Os candidatos José Arno Appolo do Amaral (MDB) e Douglas Martello (DEM) não declararam suas posses.

Doações aos vereadores

De acordo com a prestação de contas dos candidatos à Câmara de Vereadores junto ao TSE, os 17 vereadores eleitos na eleição receberam R$251.207,84 para serem usados durante a campanha política. Nas receitas disponíveis pelo TSE, o candidato que recebeu mais recursos foi a professora Nadir Machado (PTB). Ele arrecadou para suas despesas mais de R$48 mil.

Bens e patrimônios dos vereadores

Assim como os concorrentes à Prefeitura, os 17 vereadores eleitos para a próxima legislatura também declararam seus bens e patrimônios. Entre eles, três políticos não apresentaram bens. São eles: Cristiano Schumacher (PTB), Juliano Nascimento (PSB) e Alexandre Espeto (PSD). Já o vereador eleito com o maior patrimônio é Zézo (PDT), que declarou mais de R$290 mil.

COMENTÁRIOS ( )