Domingo, 17 de Janeiro de 2021 |

Junior Caminhoneiro faz avaliação do processo eleitoral de sua primeira eleição municipal

O alvoradense já havia concorrido outras duas vezes para cargos do Legislativo Federal e Estadual

Por Redação em 18 de Dezembro de 2020

"Já sobre o seu futuro político, ele afirma que não pensa em projeto pessoal e sim no conjunto da população" (Foto: Divulgação)


A última entrevista com os candidatos das eleições de 2020 é com Junior Caminhoneiro (PSOL), que ficou em sexto lugar no pleito. Foram 625 (0,75%) votos no alvoradense que concorreu pela primeira vez a uma eleição municipal. Contudo, essa não foi a primeira inserção do político nessa área, pois já havia concorrido em duas oportunidades a cargos na Assembleia Legislativa e na Câmara dos Deputados.

O político explica que, para ele, esse processo eleitoral foi mais social e que a chapa encabeçada por ele pode ampliar suas ações e levar as ideias para junto da população. Contudo, por mais que tenha ocorrido esse crescimento, Junior acredita que não é o momento de dar próximos passos e sim em se aproximar da comunidade para organizar os coletivos da cidade.

Projeções para o futuro

Questionado sobre o futuro, ele afirma que ainda não pensou nisso. “Eu não separo meu tempo de vida em pedaços, tipo, anos, etapas. Acho a vida muito curta para ser recortada e ponho o calendário a serviço da vida e não ao contrário. Vou dando continuidade ao que vale a pena e assumindo as responsabilidades e desafios que a vida traz”, pondera o alvoradense.

Segundo ele, vai seguir com os seus projetos profissionais e fazendo política, contudo quer se dedicar mais a família também. “Minha família é muito unida e damos um ao outro suporte e apoio para assumir o que é bom e enfrentar ou desviar oque de ruim a vida nos trouxer, e nesse ‘pedaço de tempo’ [risos], 2021, seguirá sendo assim”, enfatiza o candidato do PSOL em 2020.

Já sobre o seu futuro político, ele afirma que não pensa em projeto pessoal e sim no conjunto da população da cidade e que a prioridade deve ser focar no povo. “Se outro prefeito fizer isso estarei contemplado. Senão, seguirei sonhando em ser prefeito para que isso aconteça. Quanto a 2022, o momento social e político estabelecerá qual será o meu papel nas eleições”, finaliza Junior.

COMENTÁRIOS ( )