Quinta-Feira, 19 de Outubro de 2017 |

SIMA convoca paralisação para esta sexta-feira contra pacote de Appolo

Servidores protestam contra projeto que retira Lei da Trimestralidade

Por Redação em 31 de Março de 2017

"SIMA pede na justiça anulação da sessão extraordinária do dia 27 de janeiro" (Foto: Arquivo A Semana)


Está convocada para esta sexta uma paralisação dos servidores públicos do município. Os trabalhadores protestam contra a reforma proposta pelo Prefeito José Appolo que prevê a retirada da Lei da Trimestralidade (aumento trimestral do salário dos servidores de acordo com a inflação) e a reforma previdenciária do Governo Federal que, entre outros pontos, estipula 65 anos como idade mínima para aposentadoria.

Segundo o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Alvorada (SIMA), Rodinei Rossetto, 60% das categorias devem aderir a paralisação. “É um governo que tem aumento só nos cargos de confiança, que foi uma reativação que deram para eles, e algumas funções gratificadas que ultrapassam R$ 1 milhão por ano. Então, só nesse aumento poderia ser paga a trimestralidade”, argumenta. Rossetto afirma que entrou com um pedido no Ministério Público, Fórum Municipal e no Tribunal de Contas para anular a sessão extraordinária do último dia 27/01 que aprovou, em meio a um grande tumulto, as reformas do prefeito.

Para a quarta-feira, 12 de abril, está convocada uma assembleia geral do SIMA com o tema “Análise dos 100 dias do governo Appolo”. Rossetto acredita também que todos os servidores municipais paralisarão suas atividades no dia 28/04, quando haverá um protesto geral contra a reforma da previdência.

COMENTÁRIOS ( )