Sbado, 27 de Fevereiro de 2021 |

Alvorada dá início à campanha de imunização dos profissionais da saúde contra o coronavírus

Nesse primeiro momento foram destinadas 711 doses da Coronavac para a linha de frente no combate a pandemia

Por Redação em 22 de Janeiro de 2021

"O ato simbólico das primeiras alvoradenses a serem vacinadas, ocorreu no Centro de Saúde" (Foto: Guilherme Wunder)


O Governo do Estado divulgou na tarde de quarta-feira, 20/01, o seu mais recente boletim epidemiológico da pandemia do coronavírus. Assim é possível averiguar que Alvorada está com 9.595 casos confirmados desde a primeira quinzena de março, quando foi confirmado o primeiro paciente alvoradense. Além disso, já são 258 óbitos causados pela doença.

Desde a última edição do Jornal A Semana, foi confirmada 422 casos da doença – na última semana eram 582 pacientes. Com isso, Alvorada volta a apresentar redução no número de casos. Os óbitos subiram de 248 para 258 – 10 vítimas fatais da doença. Os dados de pacientes recuperados, isolados e hospitalizados foram divulgados pela Prefeitura no início da semana.

No boletim epidemiológico municipal de terça-feira, 12/01, já havia 9.345 casos confirmados. Desses, 8.552 já estão reestabelecidos. Ainda existem 495 alvoradenses em isolamento domiciliar e 47 hospitalizados. Na terça-feira, por volta das 21h – quando foi divulgado o ofício – já eram 251 mortes confirmadas pela pandemia do coronavírus dentro do município.

Campanha de vacinação

A Secretaria de Saúde iniciou na manhã de quarta-feira, 20/01, a imunização dos profissionais de saúde. O ato simbólico das primeiras alvoradenses a serem vacinadas, ocorreu no Centro de Saúde. A técnica em enfermagem Adriana Rosa e a enfermeira Isalete Machado foram as primeiras a receber as primeiras doses do imunizante Coronavac/Butantan.

Em entrevista, a secretária Neusa Abruzzi falou da importância de dar início ao processo de imunização, mas alertou. “Preocupa-me bastante que essa quantidade de doses não fecha o nosso quadro de funcionários. Sem falar que vamos vacinas o Hospital também. Sabemos que vai faltar vacina já no primeiro lote, mas ter essa etapa é muito importante para nós e para a comunidade”, enfatiza a titular da pasta.

A secretária também falou da parceria e organização de toda a administração e equipes de saúde que trabalharam de forma incansável. “Eu acredito muito nas pesquisas e na saúde pública. Toda a nossa equipe tem essa visão. Nós temos uma equipe muito qualificada e que se debruça em cima do nosso planejamento e está aí a nossa vacina do Butantan”, finaliza Neusa.

Já a enfermeira vacinada falou do sentimento em receber a dose para poder seguir trabalhando com tranquilidade pela cidade. “Pra mim é uma emoção muito grande, porque estamos há dez meses nessa pandemia. Eu trabalhei o tempo inteiro e, felizmente, não peguei o vírus. Nós temos medo pela gente e pelos nossos familiares e a vacina nos ajudará muito a seguir trabalhando”, confessa Isalete.

Impacto nas redes sociais

Desde o início da campanha de vacinação, muitas pessoas começaram a questionar sobre o processo e como estaria sendo feita a aplicação. Cabe ressaltar que, nessa primeira fase, o foco são os profissionais da saúde. Contudo, a foto de servidores públicos sendo vacinados acabou chamando a atenção dos alvoradenses nas redes sociais.

Em entrevista, a secretária de Saúde explicou que o processo de imunização ocorre de forma completa em cada setor visitado. Na quarta-feira, 20/01, foram vacinados os profissionais que trabalham na farmácia. Segundo Neusa, nesse caso são imunizados todos os funcionários que trabalham no loca, desde os farmacêuticos até os estagiários e funcionários administrativos.

Contudo, a vereadora Giovana Thiago (PT) informou em suas redes sociais que encaminhou a Prefeitura o pedido de informações com a lista dos profissionais vacinados em cada fase do plano de imunização. Segundo ela, é necessário que se respeite os critérios anunciados de profissionais dos postos de saúde, hospital e unidades de referência.

COMENTÁRIOS ( )