Quarta-Feira, 28 de Outubro de 2020 |

Atendimento pediátrico

A chefe do Estado-Maior, coronel Cristine Rasbold, explicou que todas as decisões referentes aos hospitais da Brigada haviam sido tomadas de forma compartilhada

Por Redação em 02 de Outubro de 2020


No período destinado a Assuntos Gerais, os deputados ouviram o Comando-Geral da Brigada Militar sobre relatos de que o serviço de pediatria do hospital da Brigada Militar de Santa Maria deixaria de prestar atendimento pelo IPE. A chefe do Estado-Maior, coronel Cristine Rasbold, explicou que todas as decisões referentes aos hospitais da Brigada haviam sido tomadas de forma compartilhada. Disse que o enfrentamento à Covid-19 resultou em aumento abrupto de gastos que demandou uma reestruturação e que os próprios hospitais haviam indicado suas possibilidades. Citou uma série de medidas adotadas para possibilitar melhor atendimento aos 20 mil integrantes da corporação. Segundo a oficial, o plantão pediátrico atendia antes da pandemia, no ano passado, a uma média de 17 pacientes por dia, número que caiu para menos de cinco este ano.

COMENTÁRIOS ( )