Quinta-Feira, 21 de Setembro de 2017 |

Bairro Americana recebe primeiro mutirão de combate ao Aedes Aegypti

Na manhã desta quinta-feira, 26 de janeiro, aconteceu o primeiro...

Por Redação em 27 de Janeiro de 2017

"Bairro Americana recebe primeiro mutirão de combate ao Aedes Aegypti" (Foto: Divulgação)


Na manhã desta quinta-feira, 26 de janeiro, aconteceu o primeiro mutirão de combate ao mosquito Aedes Aegypti. A atividade, realizada no bairro Americana, percorreu vias como a João Barbosa, a Coelho Neto, a Princesa Isabel, a Travessa Florêncio e a Travessa Butantã. O local foi definido por ter sido identificado focos do vetor, que é transmissor de doenças como a dengue, a febre Chikungunya e o Zika Vírus.
Durante o mutirão, a equipe de ação vistoriou as residências, deu orientações dos cuidados necessários para evitar os criadouros do mosquito e entregou um material informativo, com informações e os sintomas das doenças que tem o mosquito como vetor. De acordo com o setor de Zoonoses da Secretaria de Saúde, os principais locais em que se encontram focos do mosquito são os “pequenos depósitos móveis”, como pratinhos de plantas, baldes, garrafas e bebedouros de animais.
Além da visita casa a casa, uma tenda foi montada na praça localizada próxima a UBS Americana para distribuição de panfletos visualização de amostras de larvas e mosquitos. Em fevereiro e março, deverão ocorrer novos mutirões de combate ao Aedes aegypti. Participaram da ação, agentes de Vigilância em Saúde, servidores dos Setores de Epidemiologia, da Vigilância Sanitária, Agentes Comunitários de Saúde da UBS Americana e servidores da Secretaria Municipal de Planejamento e Habitação (SMPH).

Como evitar a proliferação do mosquito:
Segundo o Ministério da Saúde, a melhor forma de evitar o Aedes aegypti é a eliminação do vetor, ou seja, eliminar o mosquito. Para isso, é fundamental eliminar os criadouros do inseto, que coloca seus ovos em recipientes com água parada. Eliminar garrafas, sacos plásticos e pneus velhos que ficam expostos à chuva, além de tampar recipientes que acumulam água como caixas d’água e piscina, pelo menos uma vez por semana, são fundamentais para eliminação de criadouros do Aedes aegypti.

Confira os sintomas da Dengue:
Dores atrás dos olhos;
Tontura;
Manchas vermelhas;
Febre alta;
Perda de Peso;
Náuseas e Vômitos;
Fraqueza;
Dor de cabeça e nas articulações;
Sangramento no nariz e gengiva.
Confira os sintomas da febre Chikungunya:
Dor muscular;
Dor de cabeça;
Manchas vermelhas;
Febre alta;
Dores intensas nas articulações dos pés e mãos.
Confira os sintomas do Zika Vírus:
Dor de cabeça;
Febre baixa;
Dor nas articulações;
Olhos vermelhos;
Manchas vermelhas na pele e coceira intensa.

COMENTÁRIOS ( )