Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2018 |

Desistência da qualificação dos médicos

O objetivo do projeto era flexibilizar a carga horária para que os médicos participassem de formações

Por Redação em 05 de Janeiro de 2018

"Reunião entre Simers e gestão municipal de Alvorada." (Foto: Guilherme Tubino/Simers)


A Prefeitura de Alvorada não levará mais adiante a ideia de desenvolver um projeto de lei para qualificar os médicos da cidade. Foi o que informou o prefeito do município, José Arno Appolo (PMDB), em reunião com representantes do Simers realizada na tarde desta quinta-feira, 28/12. Appolo salientou que, com a aprovação do PL, as demais categorias de grau superior reivindicariam os mesmos benefícios – e que isso seria inviável para a administração municipal. O objetivo do projeto era flexibilizar a carga horária, abrindo espaço para que os médicos estatutários do município participassem de cursos, congressos, treinamentos e outras atividades que qualificassem o atendimento à população.

COMENTÁRIOS ( )