Sábado, 16 de Dezembro de 2017 |

Posto especializado na saúde da mulher é inaugurado no bairro Taimbé

Unidade contará com serviços de ginecologia e atendimento para gestantes

Por Redação em 10 de Março de 2017

"Unidade atenderá de segunda a sexta, das 8h às 17h" (Foto: Rene Almeida)


Para comemorar o Dia Internacional da Mulher, na última quarta-feira, 08/03, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) inaugurou a nova unidade do SIM (Serviços Integrados para Mulheres). O local, na Rua Taimbé, 327, no bairro Taimbé, oferecerá diversos serviços voltados para a saúde da mulher. O evento de inauguração contou com a presença da Secretária de Saúde, Neusa Abruzzi além de diversos secretários e vereadores.

O SIM conta com oito ginecologistas, uma obstetra, uma psicóloga, uma enfermeira, uma técnica de enfermagem e duas estagiárias. A unidade também possui serviços de assessoria jurídica, assistência social, testes rápidos, exames preventivos e yoga para gestantes. Além disso, o programa “aprendendo mais” tem atividades especialmente voltadas para as gestantes. A secretária explicou que cada dia da semana terá um serviço diferente e outros serão diários. O horário de atendimento da unidade é de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 17h. O atendimento é feito por fichas, de acordo com a ordem de chegada.

Inauguração

No evento de inauguração, Abruzzi destacou a importância do SIM para as alvoradenses. “É fundamental para a mulher cuidar da saúde, ter mais qualidade de vida, para dar orientações para as gestantes, para a saúde da mulher em geral”, destacou a secretária. Ela ainda esclareceu que o prédio já estava alugado pela prefeitura, mas sem utilização. A unidade especializada no atendimento a mulher vinha funcionando dentro do Pronto Atendimento Municipal (PAM). Em 2012, o SIM passou a atender na Rua Icaraí, porém depois de alguns meses voltou para o PAM. “A diferença é a ampliação do espaço, dos serviços e dos funcionários”, comemorou Abruzzi.

A enfermeira responsável pelo SIM, Graciele Kronbauer, acredita que o espaço especializado em saúde da mulher pode incentivar a população feminina a consultar um especialista. “Eu acho que aqui a mulher vai se sentir mais a vontade, mais acolhida, vai aproximar mais a mulher”, comenta a enfermeira. Ela ressalta que o trabalho será feito no sentido de prevenir doenças e que as gestantes e pessoas da terceira idade terão prioridade no atendimento. “Queremos que elas se sintam acolhidas aqui”, completa.

O espaço também atenderá mulheres vitimas de violência, onde terão um atendimento especializado e se necessário serão encaminhadas para atendimento em outras unidades da rede municipal ou estadual de saúde.

COMENTÁRIOS ( )