Sbado, 27 de Fevereiro de 2021 |

Secretaria de Saúde segue trabalhando no Plano de Imunização, mas sofre críticas e desconfiança

Desde o início da vacinação que a população está questionando os critérios adotados

Por Redação em 29 de Janeiro de 2021

"Nessa fase, as vacinas são realizadas em idosos, nesse primeiro momento acima dos 90 anos, e em acamados" (Foto: Eduardo Porto)


O Governo do Estado divulgou na tarde de quinta-feira, 28/01, o seu mais recente boletim epidemiológico da pandemia do coronavírus. Assim é possível averiguar que Alvorada está com 9.930 casos confirmados desde a primeira quinzena de março, quando foi confirmado o primeiro paciente alvoradense. Além disso, já são 266 óbitos causados pela doença.

Desde a última edição do Jornal A Semana, foi confirmada 335 casos da doença – na última semana eram 422 pacientes. Com isso, Alvorada volta a apresentar redução no número de casos. Os óbitos subiram de 258 para 266 – oito vítimas fatais da doença. Os dados de pacientes recuperados, isolados e hospitalizados foram divulgados pela Prefeitura no início da semana.

No boletim epidemiológico municipal de terça-feira, 26/01, já havia 9.720 casos confirmados. Desses, 8.968 já estão reestabelecidos. Ainda existem 431 alvoradenses em isolamento domiciliar e 59 hospitalizados. Na terça-feira, por volta das 22h – quando foi divulgado o ofício – já eram 262 mortes confirmadas pela pandemia do coronavírus dentro do município.

Campanha de imunização

Desde quarta-feira, 20/01, Alvorada já recebeu 1.945 doses da vacina. Elas foram disponibilizadas em três lotes (711, 314 e 920 doses). Dessas, 1.129 já foram aplicados – segundo dados disponibilizados pela Secretaria de Saúde (SMS). Na sexta-feira, 29/01, idosos com 87 e 86 anos (nascidos em 1934 e 1935), moradores em situação de rua, deficiência institucionalizada e duas ILPI’s serão vacinados.

Na quarta-feira, 27/01, foi dado início as fases 02 e 03 do Plano Municipal de Vacinação. Nessa fase, as vacinas são realizadas em idosos, nesse primeiro momento acima dos 90 anos, e em acamados. Desde as 8h desta quarta, a secretária de Saúde, Neusa Abruzzi, recebeu os integrantes do grupo prioritário para acompanhar o atendimento feito pelas equipes no espaço do antigo Laboratório/PAM-8.

Investigações em andamento

A 1ª Delegacia de Polícia Civil de Alvorada intimou três servidores municipais a prestarem depoimento a respeito da vacinação contra a Covid-19. Conforme relatos nas redes sociais, o trio teria sido imunizado antes de outras pessoas que seriam prioridade, como médicos e enfermeiros de postos de saúde e hospitais. É a prática denominada fura-fila, que tem 200 casos investigados no Rio Grande do Sul.

Os três trabalham na farmácia pública. Um deles é Cargo Comissionado (CC) e foi cabo eleitoral do prefeito eleito José Arno Appolo do Amaral (MDB), com o qual postou fotos durante a última campanha eleitoral. Ele era cargo comissionado da Secretaria de Cultura, Esporte e Juventude (SMCEJ) até 13 de janeiro de 2021, quando foi transferido para a farmácia. As outras duas são estagiárias.

Segundo a GaúchaZH, a Prefeitura teria justificado a vacinação com base no fato de estarem num setor que atende pelo menos 500 pessoas por dia, mesmo que não ligado ao tratamento de covid-19. Há controvérsia sobre se os três imunizados atenderem a população ou fizer apenas serviço administrativo. Servidores que atuam no combate ao Covid-19 asseguram que o trio foi imunizado antes deles.

COMENTÁRIOS ( )