Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2018 |

SMS investe R$ 375 mil para mutirão de exames

Iniciativa visa diminuir fila de espera de cerca de quatro mil exames

Por Redação em 29 de Dezembro de 2017

"Para convocar os beneficiados a SMS realizou uma força-tarefa através de ligações para chamar os alvoradenses " (Foto: Guilherme Wunder)


A Secretaria de Saúde (SMS) anunciou há cerca de duas semanas a realização de um mutirão de exames que devem beneficiar cerca de quatro mil pessoas que aguardavam na fila de espera. O objetivo da ação é diminuir a demanda reprimida existente nas seguintes áreas: Ressonâncias, Ultrassonografias, Densitometrias, Ecocardiograma, Teste Ergométrico, Holter e Mapa.

Para isso, a Prefeitura realizou chamamento público no início de dezembro para selecionar as clínicas vencedoras do processo e dar início a convocação dos pacientes que aguardavam há anos pela realização do exame. O contato com os pacientes está sendo feito pela SMS, que indicará as clínicas credenciadas, para a realização dos exames, seguindo a ordem da fila de espera e de prioridade.

Foi realizada uma força-tarefa na sede da Saúde para que se pudessem convocar todos os beneficiados com o mutirão até o final do ano, para que eles pudessem se dirigir as clínicas determinadas. Segundo a enfermeira responsável pela Central de Marcação da SMS, Jociane Saldanha, não é necessário que a comunidade se dirija até a sede da pasta, pois não são todos os exames beneficiados nesta primeira etapa.

Jociane salienta que, quando a atual gestão assumiu a Central de Marcações, existiam requisições de exames muito antigas e que aguardavam para ser chamados. Para sanar essa demanda reprimida e desafogar a fila de espera foram investidos R$ 375 mil. Com isso é possível colocar os atendimentos prioritários em dia e chamar os mais antigos.

Entre os alvoradenses chamados está dona Maria de Oliveira, que aguardava há cerca de três anos para realizar um teste ergométrico. Segundo ela, a esperança em fazer o procedimento já estava se esvaindo quando recebeu a ligação dizendo que foi contemplada. “Já fazem mais de três anos que eu tinha pedido e estava aguardando. Foi bom ser chamada, porque eu achei que nem faria mais esse exame”, relata a beneficiada pelo mutirão.

Segundo a responsável pela Central de Marcações, ainda não foi possível colocar em dia todos os exames e nem atender todos os pacientes que aguardam em fila de espera. “Infelizmente a demanda era muito grande. A ideia é realizar essas ações de forma mais frequente. Sejam os mutirões como os chamamentos mensais. A ideia é contemplar exames de média complexidade e que fogem da alçada da saúde básica”, finaliza Jociane.

Para a secretária de Saúde, Neusa Abruzzi, a receptividade do público para essa iniciativa faz com que o ano se encerre de forma positiva. “Estamos recebendo bastantes mensagens positivas nos agradecendo e dizendo que nem esperavam que ainda fossem fazer esses exames. É legal poder dar uma resposta para a comunidade. Esse, com certeza, é um dos troféus da Secretaria neste ano”, finaliza Neusa.

COMENTÁRIOS ( )