Segunda-Feira, 01 de Maro de 2021 |

Aconteceu

Por Redação em 26 de Outubro de 2012


CIR passeando de catamarã
Com o objetivo de confraternizar, um grupo de adolescentes e profissionais do Centro de Integração e Recurso realizou se a travessia Porto Alegre-Guaíba de catamarã.
A importância de mostrar o ''mundo'' a esse grupo, que é acolhido no turno das 17 às 19h e que já visa novos horizontes inclusive campo de trabalho é uma das metas do CIR. Os organizadores do passeio agradecem aos cuidadores pela confiança no trabalho.

Assembleia Geral do SIMA
O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Alvorada/SIMA realizou nova Assembleia Geral na terça-feira, 16/10. Na pauta, a análise e discussão da resposta da Administração Municipal, dada em 03 de outubro, referente à pauta de reivindicações apresentadas pelo Sindicato em 17 de agosto e a mudança de endereço da sede.
O presidente Rodinei Rosseto, relatou sobre a contraproposta da Prefeitura em relação às reivindicações. Para o Vale Alimentação o governo apresentou o valor de R$ 14,00, com descontos entre 20% e 30% dos salários; com relação ao Auxílio Creche foi apresentado um reajuste de R$ 25,00 para R$ 50,00 por filho de servidor.
Sobre a Regulamentação do Planejamento a Distância para professores do CAT, Rosseto ressaltou que a proposta ainda aguarda uma decisão da SMED; sobre a regulamentação do Vale Cultura dos Professores, o governo prontificou-se em elaborar Lei específica com esta finalidade; já a extensão do Vale Cultura a todos os trabalhadores em educação, a Prefeitura prontificou-se em realizar estudos com relação à viabilidade deste benefício.
No tema da equiparação salarial, foi informado que não houve, até o momento da assembleia, uma manifestação oficial da administração; sobre a Bolsa ESF para os Agentes do Programa de Saúde da Família ficou acertado, com a secretária da Saúde, que este pagamento seria realizado até o dia 21 de cada mês, aos servidores estatutários, e que seria elaborada uma lei para extensão deste benefício aos Agentes ligados ao Regime Celetista. Por fim, no tema das solicitações dos Monitores dos Abrigos Municipais, ficou acertado a criação de legislação para equiparação salarial e também para regulamentação das cargas horárias de 6 horas diárias para os trabalhadores diurnos e o regime de 12/36 para noite.

COMENTÁRIOS ()