Sexta-Feira, 05 de Maro de 2021 |

Aconteceu

Acial forma sua segunda turma do Projeto Pescar

Por Redação em 30 de Janeiro de 2013


Quinze jovens formaram a segunda turma do Projeto Pescar da Acial, que teve sua formatura realizada em 17 de janeiro, na sede Social da Associação Comercial e Industrial de Alvorada/Acial.
“O Pescar não forma apenas mão de obra para o mercado, mas cidadãos”, falou o presidente da entidade Maurício Cardoso, ao abrir o evento. E lembrou aos jovens de que eles devem buscar sempre o aperfeiçoamento contínuo. “Aqui, vocês foram preparados para a vida, agora, devem seguir para o próximo ciclo de formação – o mercado”, completou.
O paraninfo da turma, empresário Moacir Carlesso, desejou vida longa ao Pescar dentro da entidade. “Estou feliz e orgulhoso de ver a continuidade de um projeto que comecei quando fui presidente da Acial. Tenho certeza que estamos contribuindo para colocar jovens mais preparados para iniciar na carreira profissional”, afirmou.
Antônio Cardoso, diretor de Responsabilidade Social da Acial, agradeceu a todos envolvidos, em especial aos empresários que vêm apostando nessa iniciativa que está permitindo entregar jovens “lapidados” para o mercado. A coordenadora do Projeto Pescar na Acial, Marcelina Gonçalves, reforçou que essa seria a primeira de muitas conquistas que eles teriam na vida.
A jovem Laura Borges de Carvalho, oradora da turma do Pescar, lembrou os bons momentos e as características de cada colega ao falar sobre as trocas de experiências que tiveram durante o curso. Finalizou sua mensagem com um esperançoso “Agora, é hora de conquistarmos o mundo!”
O evento foi prestigiado pela presença do novo prefeito de Alvorada, Sergio Bertoldi, e de grande parte de seu secretariado. Bertoldi destacou a importância da cidade contar com empresários preocupados em investir nas pessoas, como é o caso dos mantenedores do Projeto Pescar.
O Projeto Pescar é uma franquia social com 36 anos dedicados a educação e capacitação profissional, tendo formado mais de 19.500 jovens. Conta com 146 unidades distribuídas em diversos estados brasileiros, além de 22 no exterior (Argentina e Paraguai).

COMENTÁRIOS ()