Domingo, 30 de Abril de 2017 |

Carta do leitor

Por Redação em 02 de Outubro de 2015


E haja irresponsabilidade! De maneira especial: governo e bancos, não se esquecendo dos políticos e judiciário. É impressionante a pseudo miopia dos supracitados, para isenta-los.
Veja-se o que segue.
1 – FINANÇAS:
A – FEDERAL: a) atual ocupante do Ministério da Fazenda insiste em “ajuste fiscal”, que, se não for aprovado no Congresso, haverá consequências piores para o povo Brasileiro!... sem nada explicar. Revendo nosso passado recente, encontra-se um cidadão, cujo parentesco se desconhece, porém se chamava Herbert Levy. Nasceu em 1911, tendo sido empresário e banqueiro: fundou o Banco América, em 1940, fundindo-se com o Banco Itaú em 1969; esse “Levy” ocupou o cargo de Deputado Federal em 1945 a 1987; morreu em 2002. Belas coincidências financeiras com o atual Levy...
b – Mensalão, Petrobrás, dinheiro de origens obscuras diversas, para a campanha eleitoral de Dilma (atual ocupante de Presidente do Brasil), mais essa generalizada corrupção do governo Federal (é publico e escancarado pela imprensa), deixam o cidadão Brasileiro, perplexo e com a responsabilidade de tudo pagar. Onde anda o Ministério Público?...
c - A revista “Isto É”, 23/set/2015, página 51, paga pela FIESP (Federação de Indústrias de São Paulo), declara: na compra de uma TV de R$1.000,00 há R$ 450,00 de imposto; automóvel de 50.000,00 / R$20.000,00 para imposto; em R$145,00 de gasolina, R$76,90 de imposto; cerveja de R$9,00, R$5,00 de imposto; 600,00 pagos por celular, o fisco embolsa R$240,00.
Gostaram?... Governo, o grande açambarcador!...
d – Imposto de renda (I.R): o governo estabelece:
Quem ganha até R$1.903,98 – paga “0” (isento)
De R$1.903,987 a R$2.826,65 – paga 7,5%
R$2.826,65 a R$3.751,05 – 15%
R$3.751,00 a R$4.664,68 – 22,5%
Acima de R$4.664,68 – 27,5%
Alguém já viu algo mais incoerente e anti-social?... o Arrocho é sempre, sobre os menores! E os que ganham R$20.000,00 / R$50.000,00/ R$100.000,00 e mais: porque não sofrem alíquota superior?...
2 – ESTADUAL:
A – Banrisul, em agosto/2015, cobrava 3,22% de juros sobre o cheque especial 10,6% em setembro.
Qual a aplicação para o correntista/aplicador?
b – E a secretária da Fazenda, junto com demais “otoridades”! , não “enxergam” essa montanha de dinheiro, disponível?!...
3 – AMBIENTE: chega de tanta poluição e doença! Chega de tanto veículo automotor! Que dizem os médicos e professores?... Algum problema ótico ou...
STULTI SUMUS (Somos todos burros)

Alvorada, 30/setembro/2015
João Mariano Volcato

COMENTÁRIOS ()