Domingo, 19 de Novembro de 2017 |

Carta do leitor

Governo cego ou ... XII

Por Redação em 08 de Setembro de 2017


Efetivamente estamos nos defrontando com um ADN cujos nucleotídeos, estabelecem não só, comportamento tão díspare de nossa sociedade por falta de educação e conhecimento
Como podemos admitir alguém no caso em foco, sr. Sartori, ocupar sem o mínimo, de intrínseca qualificação cargo tão importante em governo.

No dia 30 de agosto passado, teve um desplante, um deboche de creditar R$ 350,00 como pagamento parcial do salário mensal de todo servidor estadual.

O pagamento das bases nos cromossomos destes desempregados maior é tal que nem o próprio consegue entender.

Porque não se demite?
Acrescer devemos. O artigo de nossa Constituição Estadual estabelece claramente que: Salários parcelados devem ser pagos com atualização: juros. Só esse não procedimento é suficiente para a utilização da porta aberta. Fora

Que o Ministério Público formalize. Os professores, os profissionais de educação de nossos filhos não merecem a presente situação das péssimas gentilezas que vem se arrastando. Este pagamento parcelado também se observa no Palácio Piratini, Secretarias, Assembléia Legislativa, Tribunal de Contas, Defensoria Pública, Ministério Público?
Que a resposta seja publicada aos quatro ventos através dos órgãos da imprensa!

Vox clamantis in deserto

Alvorada, 07 de setembro de 2017 – 16h33min
João Mariano Volcato

PS – 1 – Jamais elegemos gente deste naipe.
2 – Que nenhuma livraria ou similar precise vender esta ofensa da nossa Bandeira Nacional pelo carnal idiota cívico de São Paulo

COMENTÁRIOS ()