Quarta-Feira, 22 de Novembro de 2017 |

Carta do leitor

Governo Cego ou ... XVIII

Por Redação em 10 de Novembro de 2017


E lá vamos pelos corredores existenciais, procurando alternativas inexistentes ...

FEDERAL: 513 deputados e 81 senadores, componentes do Congresso Nacional, não conseguem equacionar diretrizes mais adequadas e plausíveis, para os que os mantem: O Povo Brasileiro.
Estão, atualmente, muito envolvidos na “aposentadoria” do trabalhador: qual a idade mínima e quantos anos de contribuição para previdência. Porque não generalizam, incluindo os políticos (Presidente, Governador, etc.)?

Quando é que o sr. Temer, atual ocupante do cargo presidencial, vai postar-se ao lado de símbolos pátrios (Bandeira e Armas da República), com as estrelas em tamanho e localização, corretos? ... Idem o “E” de Ordem e Progresso? (Maiúsculas) ...
ELETROBRÁS: não pode ser privatizada (há determinação legal, e respeito).

ESTADUAL: estamos diante, continuamente, da inépcia e inoperâncias de um Governo, cujo titular e assessores mais diretos, incluindo os que deviam atuar, para melhor e maior arrecadação (impostos), simplesmente e graças a uma “inventada” impunidade. Quanto ICM é deixado de entrar no cofre governamental, por essa venda generalizada de tudo (relógios, óculos, cigarros, sapatos, chapéus, bolsas, roupas, todo tipo de bugiganga eletrônica)? Ninguém vê ou fiscaliza e cobra? ... Qual a origem dessa parafernália? ... E a nota fiscal, primeira? ...

O Ministério Público, constitucionalmente, tem que se posicionar, exemplarmente, punindo quem não cumpre a Constituição (Estadual – Art.º 36): salários atrasados dos Funcionários Públicos.

MUNICIPAL: a fiscalização da SMIC é uma piada: é só observar. O “comércio ambulante”, ocupa todas calçadas, locais públicos nos diversos municípios da região metropolitana, igualmente Alvorada. Nenhum prefeito se manifesta? Ou toma atitude para prestigiar o comércio nato da sua cidade? ...

FEIRA DO LIVRO: bem que merece melhor organização e participação, de outros “órgãos de Governo”. Assembléia Legislativa não tem o “Orçamento Estadual”, a Câmara dos Deputados e Senado, idem, “Orçamento Federal”.
Dá para engolir?! ...
NIHIL NOVI SUB SOLE (Nada de novo ...)
Porto Alegre, 08/11/17 – 11:58’
João Mariano Volcato
PS: - Quem, de direito, deve fazer distinção

COMENTÁRIOS ()