Domingo, 29 de Novembro de 2020 |

Carta do leitor

Zumbi

Por Redação em 04 de Setembro de 2020


Lutou pela liberdade em campo e suor
O verdadeiro símbolo da resistência brasileira
Conscientizou falas e discursos
e se fixou pela voz de Oliveira Silveira

Marcou sua vida-morte em 20 de novembro
Nas encruzilhadas de Palmares
O levante que se esgueira
Ah, aqueles ares!

E há quem confie à Isabel a liberdade
Dona da assinatura que tentou apagar a crueldade
Feita no campo e na cidade
Com as vidas negras

Por Tainã Rosa

COMENTÁRIOS ()