Quarta-Feira, 26 de Julho de 2017 |

Editorial

A base de tudo é o voto

Por Redação em 30 de Setembro de 2016


O domingo, 02 de outubro entrará para a história como o dia que os moradores de Alvorada elegeram algum candidato que fará a cidade crescer e se transformará num lugar melhor de se viver. Ou não.

Será o dia em que após o resultado do pleito poderemos pensar num novo amanhã mais promissor para nossas crianças e adolescentes. Ou não.

Posteriormente a partir de 2017 muitos moradores não precisarão ficar horas no transito de inicio e final de dia nas principais entradas de Alvorada esperando passar pelas pontes que nos ligam a Porto Alegre. Ou não.

Os deficientes físicos, visuais e com qualquer que seja sua deficiência terão calçadas para percorrer sem nenhum desnível, pois haverá fiscalização para que comerciantes cumpram a Lei. Ou não.
A iluminação das ruas será algo que não trará receio em sair de casa, pois a via em que moramos estará clara o suficiente para afugentar os ladrões. Ou não.

A Lagoa do Cocão, local muito conhecido por todos, será revitalizada e despoluída, conforme já prometido há muitos e muitos anos. Assim haverá falta de lugar para tomarmos um bom chimarrão embaixo das árvores que ali estão plantadas. Ou não.

Terão tantas indústrias no Distrito Industrial que faltará terreno para ocupações irregulares de terra. Ou não. Assim sairemos dos últimos lugares no Índice de Desenvolvimento Humano. Ou não.
Não haverá cidadãos em filas para o atendimento em postos de saúde, pois serão atendidos conforme merecem e todos os medicamentos estarão esperando que os pacientes os busquem na farmácia, pois estarão todos nas prateleiras. Ou não.

As escolas não terão problemas de infiltração, falta de professores, merenda escolar e má administração do dinheiro com outros eventos. Estará tudo funcionando como deve. Ou não.
Após algum tempo teremos novamente em setembro o Desfile Cívico lotando a Avenida Presidente Getúlio Vargas e após isso a realização de nossa Feira do Livro, onde os estudantes poderão comprar seus livros gratuitamente. Todas a população entoará orgulhosamente o hino da Capital da Solidariedade. Ou não.

Descrevemos enfim alguns dos problemas que a cidade sofre há vários anos e temos a oportunidade ímpar de votar em candidatos qualificados que bem podem nos representar e trabalhar em prol da comunidade. Ou não.

Temos nove candidatos disputando a cadeira de prefeito para os próximos quatro anos. Por várias edições entrevistamos todos os candidatos para dar maior transparência e conhecimento de suas propostas.

Chegou a hora de decidirmos qual será o melhor para Alvorada. Cabe a todos nós cumprirmos com este papel democrático. Bom voto e que Deus nos abençoe.

COMENTÁRIOS ()