Segunda-Feira, 05 de Dezembro de 2022 |

Editorial

A importância das mulheres que inspiram

Por Redação em 26 de Novembro de 2021


O mês de novembro pode ser um mês “estranho” para se trazer a pauta do empoderamento feminino. O Novembro Azul é conhecido como o mês de prevenção a saúde do homem e o mês onde pautas que envolvam mulheres normalmente é março (devido ao Dia Internacional da Mulher) ou maio (devido ao Dia das Mães). Contudo, acreditamos que não existe um mês específico para tratar das mulheres.

Os motivos de trazermos pautas tão importantes essa semana são os dados que Alvorada refletem. Em primeiro lugar temos a ACIAL, que pela primeira vez na história conta com uma presidente mulher. Algo difícil no mundo em que vivemos. Existem instituições mais antigas que ainda não romperam esse tabu, mas a ACIAL conseguiu isso prestes a entrar no seu cinquentenário.

Soma-se a primeira presidente mulher com o aniversário de 50 anos da entidade, é possível que a ACIAL se torne ainda mais referência dentro de Alvorada e dentro do estado. Isso devido a relevância e a inspiração que uma mulher pode ter e nem estamos pensando que, ela assume a entidade no período em que a economia está sendo retomada após quase dois anos de pandemia.

Na área da política, Alvorada também conta com expoentes. Mesmo que possamos criticar a baixa representatividade das mulheres no Legislativo e no Executivo – isso que nem estamos debatendo a história e sim falando do agora – as mulheres que ocupam cargos de poder estão liderando processos dentro do município e fora de Alvorada, sendo referência para a região.

A saúde que se tornou referência devido ao combate a pandemia, é liderada por Neusa Abruzzi. A Procuradoria da Mulher, projeto novo que começa a surgir no estado, é capitaneado por Nadir Machado. E a única vez que Alvorada esteve representada no Legislativo do Estado foi através de Stela Farias. Três mulheres importantes da história e da atualidade do município.

Por mais que essas mulheres tenham sua história, algo importante e que precisa ser valorizado é a influencia que essas lideranças podem fazer para formar uma nova geração de mulheres influentes e líderes de seus setores. As mulheres são a metade da nossa população e precisam ser representadas nos poderes constituídos e nos cargos de liderança. Isso é importante e necessário.

COMENTÁRIOS ()