Segunda-Feira, 19 de Outubro de 2020 |

Editorial

Aberta a janela de transferências

Por Redação em 06 de Março de 2020


Quem lê o título deste editorial pode pensar que vamos falar da janela de transferências de jogadores de futebol (risos), mas não é essa a pauta do editorial da semana. A janela do futebol já fechou em janeiro, mas uma janela de transferências mais importante acaba de abrir: a janela partidária. Esse é o momento em que os vereadores eleitos podem trocar de partido e procurar uma nova sigla.

Mais um passo na corrida eleitoral de Alvorada foi dado. Talvez em um ano que pode ser o com mudanças mais significativas dentro do Legislativo. Existemw boatos de que a maioria dos vereadores estava esperando esse momento para sair de partidos onde já não se sentiam mais confortáveis ou não são mais as lideranças elegíveis de outrora e agora buscarão novos rumos na carreira política.

Até o momento nada foi confirmado ainda. Apenas Juliano Marinho, que foi expulso do PT, já afirmou que vai procurar um novo partido para o pleito de 2020. Contudo, a janela abriu ontem, 05/03, e ainda tem um mês para que todas as negociações ocorram. Muita coisa deve mudar, ainda mais com as mudanças nas coligações, onde alguns partidos podem acabar beneficiados – a coligação não vai mais valer na busca por uma cadeira.

A eleição se aproxima cada vez mais. Esse mês – até três de abril – será um importante passo para prever o futuro do pleito de 2020. Já será possível pensar de forma melhor nas coligações e em como tudo isso funcionará em outubro. Quem caminhará com quem e quem mudou de trajeto – quando comparado com as eleições de 2016. Alvorada se aproxima de uma eleição histórica.

Histórica porque tudo poder acontecer: o tradicionalismo na manutenção de um prefeito para o seu terceiro mandato (pela primeira vez na história) ou retorno de uma ex-prefeita para o seu terceiro mandato (pela primeira vez na história) de um lado. Do outro pode estar a novidade de nomes que já concorreram no passado – recente ou não – e que mais uma vez buscam um lugar ao sol.

E ter os vereadores caminhando junto de seu candidato é de suma importância. São eles que têm o contato com o bairro e o trabalho braçal para ir às ruas. São eles que devem estar alinhados com o projeto que acreditam e defenderem de unhas e dentes os motivos para que o povo acredite nele. Executivo e Legislativo são poderes independentes, mas que caminham juntos – ou pelo menos deveriam.

Alvorada terá uma eleição diferente. Mesmo com características de cidade de interior, o município enfrentará a eleição das redes sociais, que funcionam tanto para o bem quanto para o mal. Talvez por causa disso seja o momento de se apoiar cada vez mais veículos com credibilidade, afinal aqui o leitor saberá que está lendo a verdade e não uma fake news, afinal o nosso compromisso é com a verdade.

COMENTÁRIOS ()