Quarta-Feira, 28 de Outubro de 2020 |

Editorial

Dia das crianças e dos professores

Por Redação em 16 de Outubro de 2020


Essa semana teve duas datas importantes para serem celebradas: o dia das crianças e o dia dos professores. Apesar de não serem no mesmo dia e nem terem o mesmo público, elas estão diretamente relacionadas. Isso porque as crianças têm nos professores uma pessoa transformadora e inspiradora e os professores tem a responsabilidade de cuidar das crianças, pois são o futuro do nosso país.

Em anos “normais”, essa semana teria festas nos bairros e nas escolas e as crianças brincariam e ganhariam presentes. Os professores, apesar de não terem o feriado, também seriam reconhecidos com mimos e homenagens pela profissão honrosa que tem e levam para as ruas. As duas classes homenageadas caminham juntas e esse ano passaram dificuldades juntas.

A pandemia do coronavírus afastou o contato físico entre os dois mundos. Os professores, acostumados com as salas cheias de vida, tiveram de se contentar com o contato remoto. Já os alunos, sedentos por conhecimento e pelo contato físico com os colegas e professores, tiveram de usufruir da internet para se manter próximos em meio ao distanciamento controlado.

Talvez esse tenha sido o dia das crianças e o dia dos professores menos entusiasmado de muitos, pois foi diferente. Porém a reinvenção e o reconhecimento também vieram de outras maneiras. Os professores tiveram seu trabalho reconhecido e valorizado por pais que não sabiam o que acontecia na sala de aula e as crianças e pais tiveram de interagir mais com a sua família.

Não visamos dizer que a pandemia teve pontos positivos, pois sabemos que vidas foram ceifadas, alvoradenses foram demitidos e negócios foram encerrados abruptamente. Contudo, a ideia aqui é tentar ver o copo meio cheio e, em meio a tudo o que estamos vivendo, tentar ver o lado bom das simples coisas da vida. Isso por mais difícil que seja.

Hoje estamos parabenizando dois dos setores mais atingidos pela pandemia: as crianças e os professores. Que esse tempo de distanciamento sirva para valorizar mais os momentos simples da vida, as profissões escolhidas e tudo o que vivemos e aprendemos. Sabemos que é difícil, mas felizmente parece que estamos saindo dessa. E com certeza sairemos mais fortes.

COMENTÁRIOS ()