Sexta-Feira, 21 de Julho de 2017 |

Editorial

Doando vida!

Por Redação em 23 de Novembro de 2012


Com a chegada do final do ano, são muitas as campanhas que nos levam a avaliar o real valor das coisas. E além de fazermos uma seleção de sentimentos e emoções, em algumas situações também promovemos a reciclagem nos armários, entre os brinquedos e utensílios... É a renovação!
E, neste espírito, incentivamos nossos filhos, amigos e parentes a também contribuir. E o argumento sempre é o de passar adiante o que não usamos mais e que pode ser útil para outros, fazer a alegria de muitos...
É final de ano! Tempo de comemorar, das festas em família, confraternização entre amigos, férias, emoção, transgressão, liberdade exagerada, velocidade, acidentes...
Neste período é que os Bancos de Sangue de todo o País mais precisam de doadores para salvar vidas; é quando as Centrais de Transplante mais trabalham em busca de órgãos para salvar outras vidas.
E é neste momento que a solidariedade vem bater à nossa porta. Muito mais do que um presente, a doação de sangue pode significar a esperança, a vida para um desconhecido.
Retomando o tema “fazer o bem sem olhar a quem”, o Jornal A SEMANA entra na campanha da doação de órgão e de sangue. Intensificada neste período de férias que se inicia, é importante que cada um de nós e também nossos familiares tenham consciência da importância deste gesto.
Assim como um brinquedo usado ou uma bolsa velha, dos quais enjoamos ou não nos tem mais serventia, mas ainda podem ser úteis para outras pessoas, também nossos órgãos não nos servem mais após a morte, mas podem fazer a alegria de várias pessoas.
Sim, porque apenas um doador tem a possibilidade de salvar ou dar qualidade de vida de muitos outros, já que possuímos para doação duas córneas, dois pulmões, dois rins, um fígado, um coração...
Sejamos solidários também em atitudes concretas e não apenas nos cumprimentos de final de ano ou em ações isoladas de doação de brinquedos, alimentos, roupas... Vamos doar vida!

COMENTÁRIOS ()