Segunda-Feira, 29 de Maio de 2017 |

Editorial

É hora de assumir

Por Redação em 06 de Fevereiro de 2015


No apagar das luzes do fechamento da edição passada, veio mais uma triste constatação: estamos ocupando o último lugar no estado no atendimento a crianças de zero a cinco anos na educação infantil. Triste relato revelado no levantamento do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e que fui divulgado na última quinta, dia 06. O atendimento e construção de creches para atender parte da demanda foi bandeira do atual governo no último pleito municipal. Porém até a data, passados dois anos, o Executivo Municipal confirma que ainda não tem nenhuma creche pública e gratuita para atender a parcela da população tão carente. E repassa ao Governo Federal a previsão em convênio para futuras construções.
Inúmeras obras o atual governo começou e apesar do grande discurso de “Grandes Obras”, poucas saíram do papel e definitivamente concluídas estão a contar nos dedos. Obras simples e que não demandam grandes recursos foram nos primeiros anos “deixados” para finalizar nos últimos meses de governo. E agora é chegada a hora e o discurso continua o mesmo, ou seja, não temos verbas, os governos estadual e federal não repassam recursos, etc. e etc. E o inchaço da máquina pública prova o contrário: existe verba, porém muito mal aplicada.
Cansados moradores se unem em protesto em vários pontos da cidade. Os últimos são os abandonados da Avenida Piratini e que sonhavam em ter uma bela avenida. As obras começaram e pelo andar da história o início do fim somente na próxima legislatura. Infelizmente é o retrato baseado no passado e que se repete.
Porém uma luz breve para aliviar a nossa bela história. Deixando de lado o que poderia ser uma bela parceria e contando com o apoio do comércio, o 2º Liquida Alvorada já é uma bela realidade movimentando o comércio neste mês que é tradicionalmente um mês de pouco movimento. Nasceu para fincar e fazer história e de parabéns a comunidade e comércio alvoradense que está aproveitando da melhor maneira este espaço e que trará retorno em impostos aos nossos governos. Abnegados funcionários da ACIAL e demais estão à frente. O Governo municipal novamente a mercê de mais esta etapa e que bem poderia aproveitar para colher os frutos. Certamente num futuro vindouro farão parte positiva, pois todo o apoio é benvindo.

COMENTÁRIOS ()