Sexta-Feira, 24 de Novembro de 2017 |

Editorial

E o tal dos boatos?

Por Redação em 04 de Junho de 2015


Desde muito tempo existem os tais dos “boatos” e estes são para o bem ou para o mal. Em sua maioria são vindos para o mal de outros, ou até mesmo, espalhar o terror. E é isso o que ocorre na cidade neste ano de 2015 com a Brigada Militar, quando surgem três boatos vindos para “amedrontar” a população.
O primeiro foi o caso de crianças que teriam desaparecido em diversos bairros da cidade, em sua maioria nas redondezas de escolas. Em pouco tempo os relatos chegaram a cerca de 20 vítimas que teriam sido levadas por criminosos que utilizavam diversos carros, um Kadet cinza, um Uno preto e por aí vai. Balela! E o interessante disso tudo é que até aquele momento nem a Polícia Civil e muito menos a Brigada Militar tiveram algum Boletim de Ocorrência verídico em suas mãos para investigar os fatos. Nem fatos concretos.
Há alguns dias atrás surgiu outro boato, o de que a Rocam/Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas seria extinta. Logo essa “notícia” se espalhou pela cidade trazendo preocupação aos moradores já que o atendimento com motos é muito mais ágil em relação aos carros. Balela! O fato não ocorreu, tanto que as motos continuam atuando em Alvorada normalmente. A única mudança é que a Rocam é responsável somente pelo policiamento ostensivo e não o trânsito.
O último fato veio à tona há poucos dias, quando foi falado que seria fechada a 2ª Companhia da Brigada Militar instalada no bairro Porto Verde. Mais uma balela! A Companhia vai ficar onde está. Somente a área administrativa “trocou” de lugar com o POE que estava localizado junto ao 24º BPM, atuando em todo município.
Com estes três exemplos que até agora ocorreram somente neste ano, devemos nos perguntar: porque isso? Quem é ou quem são as pessoas que simplesmente inventam estas mentiras e começam a espalhar aos quatro cantos?
Estas pessoas deveriam saber que isso não traz nenhum benefício para a comunidade e sim, problemas para os que estão mencionados nos boatos. No caso das Polícias Civil e Brigada Militar, que muitas vezes deixam de atender um caso verídico para tentar solucionar um dos boatos.
E em contra-partida, outros fatores anunciados como grandes conquistas para a comunidade não aconteceram conforme amplamente divulgado. E não é balela. É real. Referimos ao Posto da Brigada Militar no centro do bairro Salomé e que o prédio não oferece mais as mínimas condições para o seu uso adequado. Sendo abandonado assim algo que era vital ou promissor.
E também com um Centro de Treinamento do Corpo de Bombeiros, um esquadrão de polícia montada e um efetivo da polícia ambiental, nas imediações do Distrito Industrial e que somente ficou no papel. Relatamos somente alguns fatos que foram em momentos históricos diferentes anunciados como grandes conquistas e melhorias para a cidade. Porém algum tempo depois, resta a nós comunidade colocar os pés nos chão e ver que a história se repete, ou seja, utilizam o poder em detrimento partidários deixando a população, o qual os elegeu, literalmente a “ver navios”.

COMENTÁRIOS ()