Segunda-Feira, 25 de Setembro de 2017 |

Editorial

Faltam líderes positivos na administração

Por Redação em 11 de Novembro de 2015


Alvorada está abandonada e faz tempo. E mais uma prova disso foi o Desfile Municipal que ocorreu no domingo, 10/11, onde um número de pessoas muito menor em relação há outros anos estiveram presentes na Getúlio Vargas. E no ano de 2014 não foi diferente, quando as arquibancadas instaladas ao longo da Avenida estiveram quase que vazias durante todo o evento.

O fato de termos poucos expectadores no desfile deixa muito claro que cada vez mais o povo de Alvorada está deixando a cidade em segundo plano. Tanto que a presença dos moradores em qualquer evento realizado pela Prefeitura é pequeno. Por quê? Porque os anos passam e nenhuma atitude concreta a fim de melhorar a vida dos alvoradenses é tomada.

E exemplos para isso temos aos montes. Primeiramente que o número de buracos nas vias da cidade é muito maior que já existia. O atendimento de saúde então deixa a desejar e muito. Campos de futebol, praças e a Lagoa do Cocão estão literalmente abandonados. Bairros abandonados. E somente promessas vazias de um dia chegar lá o poder constituído.

Andar pela cidade de carro, a pé ou ficar em casa está cada vez mais perigoso pela falta de segurança, também pela falta de videomonitoramento. Assim, os ladrões estão “deitando e rolando”, realizando seus assaltos a qualquer indivíduo. Enfim, não faltam problemas para Alvorada, falta alguém para resolvê-los, ou ao menos diminuí-los.

E enquanto os problemas na cidade só aumentam, o prefeito Sergio Bertoldi, após diminuir seu salário em 20%, entra em seu período de férias até dia 24 deste mês, entregando o cargo ao vice prefeito Arlindo Slayfer.

Quem quer férias dos problemas é a população da cidade, que diariamente enfrenta falta de segurança, saúde, habitação, transporte e tem que conviver com verdadeiras crateras existentes nos mais de 500km de vias da cidade.

Cansados estamos nós de viver numa cidade que o lado bom vem quase que somente dos moradores que verdadeiramente fazem a “máquina girar dia a dia”. Problemas em nossa cidade infelizmente sempre estarão presentes, mas alguém que realmente mude essa cidade para melhor está mais do que na hora de aparecer. Será que vai ser ano que vem nas eleições? Vamos esperar ansiosos. Pois o “alinhamento das estrelas” está no seu auge: o descaso para a população brasileira e alvoradense.

COMENTÁRIOS ()