Sexta-Feira, 24 de Novembro de 2017 |

Editorial

Mais uma enchente para Alvorada

Por Redação em 25 de Setembro de 2015


É triste ter que escrever mais uma vez sobre as enchentes neste jornal. Ainda mais, uma semana após Alvorada ter completado 50 anos de Emancipação com festejos que ocorreram e devem ainda continuar por mais alguns dias. Porém, esse é o nosso trabalho como meio de comunicação e devemos cumprir nosso Compromisso com a Verdade, desde junho de 1989.
Em julho quando ocorreu a maior enchente dos últimos anos da história do município, centenas de famílias perderam tudo o que tinham. Após a água ter baixado, os moradores começaram a voltar para suas residências e com algumas economias iniciaram a busca por móveis, roupas de cama e outros materiais que tenham perdido por conta da água e lodo e começaram a comprar o que necessitavam.
Entretanto, passados cerca de dois meses, esses mesmos moradores novamente tem que sair de suas casas com receio de perder tudo mais uma vez, porque a água fétida e suja está adentrando pátios e residências. E para piorar, conforme a Defesa Civil da cidade está previsto grande volume de chuvas para este final de semana.
E infelizmente estamos caminhando para mais um período de grandes perdas para tantos alvoradenses. Porém entre tantas tristezas que a enchente trouxe consigo, devemos salientar que a cidade está mais preparada para algum evento como o que ocorreu em julho. Mas está mesmo?
Após a enchente, com auxílio de uma escavadeira hidráulica vinda do governo do Estado, o arroio Feijó começou a ser dragado novamente, ou seja, a areia e o lodo foram retirados para fora do local.
Porém grande parte dessa areia que foi retirada não teve destino correto e está escorrendo para dentro do Feijó. Contudo, temos também que fazer menção que o local está mais profundo que antes dos trabalhos iniciarem.
Aí vem a pergunta, porque? Porque isso acontece? Não é mais fácil e menos desgastante para a cidade começar e acabar um trabalho? Não é só pelo fato da areia escorrer para dentro do Arroio e sim, porque a entrada de Alvorada pelo bairro Americana está “esquecida”.
Está esquecida com ou sem areia, com ou sem buracos e pavimentação há muitos anos. Até quando?

COMENTÁRIOS ()