Quinta-Feira, 23 de Maro de 2023 |

Editorial

O fim do calendário esportivo foi positivo

Por Redação em 16 de Dezembro de 2022


Alvorada está encerrando o seu calendário esportivo de 2023 de forma exitosa. Isso independente da Prefeitura e de seus acertos. O ano, que teve diversas atividades, encerra de forma oficial no final de semana, quando se encerra a Copa Alvorada de futebol. Além disso, no dia 20 de dezembro, o campo do Agriter deve ser entregue para a comunidade – após sua reforma e modernização.

No último final de semana, a Liga de Amistosos também chegou ao fim. Esse não era um campeonato que contava com a organização da Prefeitura, mas sim de Rodrigo Ilha e outras quadras de futsal do município. Foram 36 times se enfrentando e mais de 1.200 pessoas na final, que sim ocorreu no Ginásio Tancredo Neves e contou com o apoio da administração municipal.

Rodrigo Ilha também organizou a Copa Premier, que teve êxito no meio do ano. No âmbito do futsal, a Secretaria de Cultura, Esporte e Juventude (SMCEJ) também promoveu o seu tradicional campeonato municipal. Isso em todas as categorias. E sem contar os torneios mais curtos, de finais de semana, que movimentaram diversas quadras da cidade.

No domingo, 11/12, também houve a conclusão da Liga William Morgan de Voleibol. Um campeonato de renome estadual e que teve a primeira e última etapa promovidas em Alvorada. Além disso, o título da Série Ouro também ficou no município graças as vitórias conquistadas pela ACAV. O jogo solidário promovido depois da competição serviu para arrecadar alimentos para instituições da cidade.

O skate também teve mais uma competição. O esporte, que sempre foi popular no município, ganhou mais adeptos após as Olimpíadas e agora busca mais investimentos para poder se desenvolver. Esse não foi o único campeonato que a cidade promoveu na pista de skate da Praça João Goulart e a modalidade ganha força no município – e em todo o Estado.

O Jornal A Semana fez o possível para apoiar e divulgar todos esses projetos na cidade. Esses citados são somente alguns, mas sabemos que existem diversos atletas e modalidades que merecem mais espaço e valorização. Isso tanto da iniciativa privada quanto do poder público. O que cabe agora é encerrar o ano de 2022 e projetar um 2023 mais rico para todos que vivem do esporte.

COMENTÁRIOS ()