Quinta-Feira, 20 de Julho de 2017 |

Editorial

O que esperamos para os próximos anos

Por Redação em 06 de Janeiro de 2017


Os primeiros dias do ano novo se passaram tão rapidamente como os últimos dias de 2015. Não por causa dos dias, das horas, dos minutos. Não. Eles se passaram tão rapidamente porque tínhamos objetivos propostos para atingir até o final do ano. A ceia de Natal, os festejos do ano novo e a esperança de entrarmos num 2017 com as expectativas renovadas, pois o ano de 2016 passou.
Passou na esperança de que dias melhores virão. Os novos dias do novo ano estão sendo bem diferentes dos últimos dias de 2015. Tanto é verdade, que no passado as perspectivas melhores, apesar de todos os esforços, somente aconteceram no novo ano.
Mas para tanto, teremos meses pela frente com a mesma esperança de que a economia nacional vai evoluir; a certeza de que a taxa de desemprego irá cair e dos acertos dos governos de todas as hierarquias.
Um novo Legislativo assumiu e novos ares adentraram aos gabinetes. Novas ideias, metas, novos objetivos e rumos estarão sendo tomados. Já nos primeiros dias, o alvoroço de fazer mudança não ficou somente nos novos espaços dos gabinetes e sim na certeza, a começar pelo presidente Darci Barth, de novos e alvissareiros rumos na Casa do Povo.
De igual forma no Executivo, retornando o prefeito Appolo em outro momento da cidade. Lamenta ele do vácuo deixado após a sua saída, do encaminhamento das propostas concretas de alavancar o Distrito Industrial. Segundo ele, deixou no início da década de 90, um novo Distrito Industrial no qual inúmeras empresas vieram se instalar, trazendo mais receita, empregos e renda aos munícipes. Se tivessem seguidos os rumos de investir no Distrito, certamente, na virada de século a cidade de Alvorada não estaria mais sendo conhecida como cidade dormitório.
Os tempos são outros e os olhos de Appolo e seus secretários continuam no Distrito Industrial. Porém a cidade é grande, cresceu, inúmeros bairros incharam com novos cidadãos e eles necessitam da qualidade dos serviços prestados.
A saúde, segurança, educação são os jargões mais salientados. Esperamos que o máximo de atendimento a este povo ordeiro e trabalhador seja a ele efetivamente dirigido, pois o sufrágio das urnas eleitorais foi avassalador. E avassalador deverá ser este governo, para dar resultado aos anseios deste povo. É o que esperamos!

COMENTÁRIOS ()