Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2018 |

Editorial

Orgulho de ser alvoradense

Por Redação em 08 de Dezembro de 2017


O município de Alvorada infelizmente é conhecido e visto na mídia apenas pelos seus aspectos negativos. E aqui a ideia não é dizer que as críticas são mentirosas ou invalidá-las. A questão é que, muitos dos problemas da cidade, que passam por aspectos sociais e políticos, devem sim ser colocados em pauta, com a ideia de debater e melhorar tudo que permeia a discussão.

Entretanto, é necessário destacar que a cidade tem motivos sim para se orgulhar. Na realidade, a própria população tem que começar a valorizar o que é daqui. Isso já foi ressaltado recentemente, em outro editorial, quando a pauta foi a gastronomia do município, que começa a qualificar suas opções para fazer com que o alvoradense aqui permaneça.

Desta vez, o ponto que merece ser destacado é a educação e a cultura. Isso porque, nesta semana, três instituições de ensino do município foram reconhecidas pelos seus projetos no âmbito estadual. A Escola Salvador Jesus Cristo, que já foi pauta do Jornal A Semana com o projeto Palavra Encantada, venceu dois prêmios – e ficou em terceiro lugar em outra categoria – no prêmio do SINEPE/RS.

Já as escolas São Marcos e Mário Quintana tiveram, nas últimas duas semanas, suas bandas marciais sendo vencedoras de competições importantes no Rio Grande do Sul. Além disso, ambas as instituições concorreram nas categorias mais concorridas e ganharam não só o prêmio geral, mas também individuais e de setores da banda.

Outro destaque desta semana foi o lançamento do livro “Alvorada em Quadrinhos”, que conta a história de 23 personalidades da cidade. O projeto foi desenvolvido durante mais de um ano, nas páginas do Jornal A Semana. Neste caso, além do trabalho do autor, Pablito Aguiar, a obra também serve para destacar a importância de outras figuras dentro da cidade que tem uma relevância social e cultural.

Todas essas histórias contadas, pessoas apresentadas e projetos reconhecidos comprovam que a comunidade de Alvorada pode ter sim orgulho de ser alvoradense. Isso não significa que devem se acomodar com as situações em que o município passa. Muito pelo contrário. Quem tem orgulho de algo, quer lutar sempre para que ele melhore. Esse deve ser o espírito da população da cidade e que também norteia as pautas trabalhadas pelo Jornal A Semana.

COMENTÁRIOS ()