Quarta-Feira, 12 de Agosto de 2020 |

Editorial

Os esforços na educação infantil

Por Redação em 14 de Dezembro de 2018


Nesta semana o município de Alvorada teve duas boas notícias para comemorar. A inauguração de duas novas instituições de ensino no município. São as duas primeiras Escolas Municipais de Educação Infantis (EMEI) anunciadas pelo Governo Federal para diminuir a defasagem no número de vagas ofertadas para as crianças de zero a cinco anos dentro da cidade.

Além disso, essa é a terceira escola inaugurada pela atual gestão – a Escola Vereador Vaguenir Fraga foi aberta no início do ano. Isso sem falar do convênio assinado com as creches comunitárias e a abertura de turmas de educação infantil nas instituições da rede municipal. Todas essas ações tem o objetivo de ofertar vagas para as crianças e oferecer um local em que as mães confiem e possam voltar ao mercado de trabalho.

Esse olhar mais atento para a educação infantil teve início lá em 2013, quando o TCE anunciou que Alvorada precisaria ofertar cerca de dez mil vagas para atender as crianças de zero a cinco anos. Desde essa época, a cidade faz parte do Plano Nacional de Educação, que tem como meta universalizar a educação infantil na pré-escola para as crianças de quatro a cinco anos e ampliar o número de vagas de zero a três anos.

Desde então, além de todas as ações da atual administração, também foi inaugurada a EMEI Glasfira Monroe Kurtz – prédio da antiga APAE que foi adaptada. Todas essas iniciativas, desde a gestão passada e intensificadas pelo prefeito Appolo visam melhorar a qualidade de vida da população de Alvorada.

Alvorada é carente e tem sérios problemas, mas vem trabalhando para solucioná-los. Obviamente que muita coisa precisa ser feita e, infelizmente, a solução para os problemas não dependem apenas de Appolo ou dos futuros gestores. A discussão é mais profunda e será solucionada no futuro, quando os alunos das escolas Pedro Antônio e Pro Clô poderão contribuir – e muito – para uma cidade melhor.

E sabedores de que outros milhares de crianças continuarão na fila de espera, este governo deve em muito se preocupar e inaugurar outras escolas, pois o futuro nosso está na valorização das crianças que estão recebendo estas novas escolas e também das que estão por vir. Um investimento no presente que dará o seu retorno daqui há vários governos. Que sejam inauguradas outras mais para o sucesso das gerações que estão por vir.

COMENTÁRIOS ()